CAFÉ COM LEITURA – Por Gra Castro: “Os cem anos de Lenni e Margot” é um livro que desperta gargalhadas e lágrimas; diverte na mesma proporção que comove


Lenni é uma espirituosa garota de 17 anos que sofre com uma doença terminal; Margot, uma senhora de 83 anos que também está doente. Elas se conhecem no hospital e percebem que, juntas, somam 100 anos de vida. A amizade inusitada se dá de forma imediata, a conexão é instantânea. Para comemorar o centenário, as duas, que fazem aula de arteterapia no hospital, decidem pintar 100 quadros, que retratam momentos importantes de suas vidas.

Através das pinturas e das recordações contadas pelas duas amigas, conhecemos Lenni e Margot. A infância negligenciada de Leni, a juventude de perdas e abandono de Margot… As dores e amores, a rebeldia e ânsia de viver que as duas carregam as tornam iguais, cúmplices.

À medida que conhecemos Lenni e Margot, percebemos que o enredo em si se torna menos importante. O ponto central e que prende o leitor é a amizade que nasce entre as duas, a relação de amor e cuidado.

As escapadas de Lenni por todas as alas do hospital, seus diálogos divertidos com o padre Arthur, capelão que se tornou seu amigo e confidente, assim como a juventude livre e desafiadora de Margot, vão te divertir e emocionar.

A narrativa inteira caminha por uma corda bamba, uma linha tênue entre a diversão e a emoção. A autora, Marianne Cronin, soube tratar um assunto triste de forma leve e encantadora. Impossível não rir e chorar com Lenni e Margot. Adorei e recomendo.

 

#leiamais #resenhaliterária #leiamulheres #lenniemargot #bookstagram #apaixonadosporlivros

Um comentário em “CAFÉ COM LEITURA – Por Gra Castro: “Os cem anos de Lenni e Margot” é um livro que desperta gargalhadas e lágrimas; diverte na mesma proporção que comove

  • 22 de outubro de 2021 em 17:34
    Permalink

    muito obrigado por essa coluna literária. muito legal

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3  +  2  =