Ex-prefeito de Divinópolis, Galileu Machado desmente Gleidson Azevedo, que MP obriga cobrança do IPTU do georreferenciamento, em Divinópolis (vídeo)


O ex-prefeito de Divinópolis, Galileu Teixeira Machado em entrevista a Rádio Minas, no programa Bom Dia Divinópolis, entre diversos assuntos abordados com o radialista Flaviano Cunha, explicou que o georreferenciamento começou lá atrás, não com ele, mas com seus antecessores, e que ele deu sim prosseguimento ao solicitar autorização à Câmara para fazer um empréstimo para a sua realização, e também a licitação para que a empresa vencedora fizesse o levantamento. Contudo, Galileu explicou também que, o atual prefeito Gleidson Azevedo, diferente do que tem falado que o Ministério Público o obriga a realizar a cobrança do IPTU do Georreferenciamento, disse que Gleidson não é obrigado a realizar a cobrança, só faz se o quiser.

O ex-prefeito avalia que o atual prefeito quer sim cobrar o IPTU do georreferenciamento: “ele tá doido para que o geo saia, por que quem não quer? Tem uma arrecadação de R$ 35 milhões de reais e vai passar para R$ 70/80 milhões de reais. Ele fala que não quer não, mas está doido que isso aconteça”

E finalizou sobre o assunto: “Ele pode ate fazer e não cobrar, pode deixar. Não é obrigado, não. Faz o geo e deixa para o ano que vem, outro ano. Não é necessário por agora essa cobrança, não. Ele não é obrigado”

 

8 comentários em “Ex-prefeito de Divinópolis, Galileu Machado desmente Gleidson Azevedo, que MP obriga cobrança do IPTU do georreferenciamento, em Divinópolis (vídeo)

  • 27 de janeiro de 2022 em 16:30
    Permalink

    É prefeito, já que não qr, então não precisa cobrar as fotinhas das medidas né?

    Resposta
    • 31 de janeiro de 2022 em 09:46
      Permalink

      Poks eh…GLeudison pura enganacao..so fala fala..olha quantos buracos na cidade..cabe toda a populacao . Devia deixar a cobranca para depois e antes fazer uma visita e verificacao se alguns telhados sao meamo amoliacoes..ou so canil..galinheiro…cobertura de casa. Erc etc..temos um papagaio na prefeitura tal qual o jrmao..so falam falam..

      Resposta
  • 27 de janeiro de 2022 em 12:19
    Permalink

    Este assunto está rendendo mais do que a pandemia. Vamos virar a página.
    Obras se fazem com dinheiro e, como a cidade não possui representatividade política para canalizar recursos, o dinheiro tem que chegar vindo do bolso do eleitor.

    Resposta
    • 27 de janeiro de 2022 em 18:30
      Permalink

      Serviço de porco, fizeram no trecho de 2 km entre o acesso do trevo do Niterói ate a Siderbras na AV Magalhães Pinto. Várias semanas de mexida com pessoal da emop. alternado trânsito pare e siga para fazer aquela porcaria de serviço asfáltico cheio de ondulações, mais parecendo uma pista de bicicross. Vergonha. Divinopolis agora tem PORCARIAS…. muitas… esparramadas pela cidade.

      Resposta
  • 27 de janeiro de 2022 em 11:22
    Permalink

    QUEM MENTE MAIS O CRAPULA NOVO OU OU O VELHO QUE AJUDOU A FUDER O RESTÓ.DIVINOPOLIS TEM QUE PENSAR NISSO NAS ELEIÇÕES

    Resposta
  • 27 de janeiro de 2022 em 07:36
    Permalink

    Acho que no momento é inoportuno aumentar qualquer imposto, quando a população está iniciando a recuperação, depois de um longo período de pandemia, empresas fecharam, grande número de desempregados e a economia só está no início da recuperação.

    Resposta
  • 26 de janeiro de 2022 em 21:54
    Permalink

    E aí Prefeito???
    Com a palavra!!!!!

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  12  =  22