LORENA MARCODES É SOLTA: Juiz ao colocar a biomédica em liberdade intui que ela não interferirá novamente no processo

Publicado por: Redação

A 1ª Vara Criminal de Divinópolis liberou nesta quinta-feira (2) a informação que a Lorena Marcondes teve sua defesa aceita e será solta do presídio Floramar em Divinópolis. O juiz Ivan Pacheco decidiu que a biomédica já passou tempo o suficiente presa. O tempo de seu recolhimento cautelar — mais de um mês — possa ser considerado suficiente para demonstrar que o Poder judiciário está atento ao cumprimento/descumprimento de suas ordens e exige o respeito às suas decisões”, afirma.

Ivan Pacheco, ainda ter a expectativa que as atitudes da Lorena Marcondes não se repetirão. “Enfim, depois de mais de um mês afastada do convívio familiar e social por desrespeito a uma obrigação fixada por este juízo, tenho que a acusada se encontra preparada para acompanhar a tramitação do feito em liberdade, sem interferir ou tentar novamente fazê-lo  em sua regular tramitação, através de redes sociais, fazendo menção às partes e/ou testemunhas da ação penal”, conclui.

Continua depois da publicidade

Para recapitular a história, a biomédica, no dia 8 de maio deste ano, ao atender a paciente, Iris Doroteia Martins, 46 anos, ela faleceu após procedimento estético na clínica de Divinópolis de Lorena Marcondes. Iris pagou R$12 mil por lipoescultura em promoção do Dia das Mães. Porém, por não ter autorização para realizar esse tipo de procedimento, que além de ser de alto risco, é afeto somente à medico. Como consequência, Iris teve uma parada cardiorrespiratória. Lorena e a técnica de enfermagem, Ariele Almeida, foram presas, mas posteriormente foram para a  prisão domiciliar, e meses depois totalmente liberadas. A Polícia Civil concluiu inquérito em 24 de outubro, indiciando Lorena por homicídio doloso qualificado.

Apesar das restrições  imposta pela justiça, com medidas cautelares,  a biomédica Lorena Marcondes estava operando em Belo Horizonte, usava as redes sociais normalmente, e seguia como se nada houvera. Chegando inclusiva a montar uma nova clínica em um espaço sublocado de consultórios médicos. Além de continuar suas atividades no ramo de estética, ela também iniciou uma loja online de roupas e seguiu oferecendo serviços como ‘coach de treinamento’, prometendo ensinar  pessoas a alcançare, renda mensal de até R$ 100 mil reais.

A biomédica, em total desrespeito às instituições, utilizou suas redes sociais para fazer acusações acerca do trabalho policial, e ainda questionar decisões do MP, sob a argumentação estapafúrdia de relações pessoais dos seus membros com terceiros.

Acompanhe aqui o documento de soltura: decisao-lorena-soltura

 

 

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

  1. Fabiano Aparecido Pereira disse:

    Divinaexpô chegando e ela precisa atender alguns frequentadores de lá…

Continua depois da publicidade