Cleitinho, que demoniza fundo eleitoral, lança ‘vakinha’ para arrecadar R$ 300 mil; seu partido (PSC) tem 76,2 milhões


Nesta última terça-feira (16),  primeiro dia oficial da campanha eleitoral, o  deputado estadual Cleitinho Azevedo (PSC) lançou  uma  “vakinha” virtual com o objetivo inicial de arrecadar R$ 300 mil reais para sua campanha como candidato a senador. Até as 10h50min desta quinta-feira, a arrecadação estava em R$ 11.277 por meio de 52 doações recebidas e atingindo 3% da meta estipulada.  O partido do candidato tem direito ao fundão no valor de R$ 76,2 milhões para financiamento de campanha, sendo que R$ 5,3 é o teto limite de gasto de candidatos ao Senado. Cleitinho em sua declaração ao Tribunal Superior Eleitoral, informou ter um patrimônio de R$ 544 mil reais, sendo que tem R$ 60 mil em dinheiro e R$ 16,87 em caderneta de poupança…(Leia mais)

Segundo especialistas financeiros de campanhas políticas, os gastos de um candidato a senador convencionalmente firam entre R$ 5 e 8 milhões – Cleitinho em sua página de arrecadação de fundos, deixa o slogan dizendo “Não Sou Traíra” fazendo alusão aos posts que circulam nas redes sociais, de que mais cedo ou mais tarde, ele trairá o presidente, como traíram vários que começaram com com uma campanha ao lado de Bolsonaro em 2018 e hoje estão contra ele.

 

 

Um comentário em “Cleitinho, que demoniza fundo eleitoral, lança ‘vakinha’ para arrecadar R$ 300 mil; seu partido (PSC) tem 76,2 milhões

  • 18 de agosto de 2022 em 21:22
    Permalink

    Será que existe algum retardado capaz de fazer doação pra partido político? Os bilhões que o desgraçado do presidente liberou será que não dá? Esse bosta desse Cleitinho deveria ter um pouquinho de vergonha

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

7  +  2  =