Promessa dos leitos covid-19 que ficariam prontos em 30 dias no Hospital Regional completa dois meses e ainda não tem data para abertura


No próximo sábado (22), menos de duas semanas antes de “celebrar” o aniversário de 109 anos, Divinópolis “comemora” dois meses de indefinição a cerca da solicitação da abertura de uma ala improvisada no Hospital Regional Divino Espírito Santo, em local que abrigaria leitos covid-19 na Enfermaria e CTI/UTI. A situação burocrática caminha em paridade com o andamento das obras do HR, que completaram 10 anos do seu início em 2021 e também a grave crise sanitária, a ver o aumento de ocupação na rede hospitalar particular e pública do município nesses últimos meses, em virtude da ploriferação do vírus.

Embora o Governo de Minas Gerais tenha garantido o repasse de R$3,6 milhões para custear o “hospital de campanha”, além de realizar repasses mensais no valor de R$950 mil para arcar com as despesas de energia, estruturação e pessoal de 40 leitos enfermaria e 20 para covid, a celebração de convênio com o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência (CIS-URG Oeste) foi cancelado pela Secretaria de Estado de Minas Gerais (SES-MG) na última quinta-feira (13).

A diretoria destaca que o CIS-URG continua à disposição da Prefeitura de Divinópolis para auxiliar na implementação do projeto. “O ofício que recebemos fala que o cancelamento da proposta de convênio apresentada pelo CIS-URG, considera que essa instalação será feita através de Convênio com a Prefeitura Municipal de Divinópolis, explica José Márcio Zanardi, Secretário Executivo do CIS-URG Oeste.

Segundo as partes envolvidas, agora a parceria deverá ser efetuada diretamente com a prefeitura de Divinópolis, a qual assegura já ter realizado o estudo e preparado a documentação a fim de realizar a licitação de qual empresa irá fazer a obra e qual irá gerenciar o local. Neste sentido, a Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid) enviou dois ofícios endereçados à Assembléia Legislativa de Minas Gerais e também ao Secretário-Adjunto de Saúde cobrando agilidade e eficiência para solucionar a demanda hospitalar da cidade. (Confira aos Ofícios a seguir)

 

Vinícius Xavier

Formou-se em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) - Unidade Divinópolis. Com 10 anos de carreira, entrou no Divinews em fevereiro de 2021. Cobre várias frentes, sendo atualmente repórter multieditorial. Tem interesse em pautas da ciência, cultura, entretenimento, futebol e política.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!