Morre Bruno Covas, Prefeito de São Paulo


Bruno Covas, prefeito de São Paulo morreu neste domingo (16), depois de enfrentar uma longa batalha contra um câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no figado. Já nesta última sexta-feira (14), um boletim médico emitido pelo Hospital Sírio-Libanês onde ele estava internado  desde o dia 2 de maio informou que o seu quadro era irreversível. Com a morte de Covas, o vice-prefeito Ricardo Nunes (MDB) que assumiu como interino recentemente tomará posse como prefeito da maior capital do país   –  Bruno era advogado, economista e político brasileiro. Filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), formado em direito pela Universidade de São Paulo e em economia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Deixa o filho, de 15 anos Tomás Covas Lopes, fruto de sua união com sua ex-mulher Karen Ichiba – Entre outros cargos, foi deputado estadual, secretário estadual de Meio Ambiente de São Paulo, presidente do Juventude do PSDB e deputado federal. Em 2015, foi sub-relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras e membro da Comissão Especial da Maioridade Penal. Em outubro de 2016 foi eleito vice-prefeito da cidade de São Paulo, na chapa de João Doria, assumindo a prefeitura em 6 de abril de 2018, em razão da renúncia de Doria. Em 2020, Covas foi reeleito prefeito de São Paulo, tendo conseguido o feito inédito de vencer em todos os distritos eleitorais da cidade no primeiro turno.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!