Divinópolis: Sem informar taxa de isolamento social, Boletim Epidemiológico aponta alta taxa de letalidade registrando mais três óbitos


Nesta terça-feira (11), outras três mortes por covid-19 foram registradas pela Secretaria de Saúde de Divinópolis. São 21 mortes registradas nestes primeiros 11 dias do mês. A cidade soma assim 363 óbitos pela doença. Média aproximada de dois  óbitos registrados por dia neste mês de maio.  Ainda segundo informações da Secretaria, outros cinco óbitos estão sendo investigados – Outros destaques negativos são a taxa de ocupação dos leitos e  a taxa de letalidade, cujo indicadores voltaram a subir ligeiramente. Na contramão de tais índices está a taxa de contágio, abaixo de 1%, assinalando 0,96%, e mais uma vez, estranhamente não é divulgado a taxa de isolamento social. 

De acordo com o informativo atualizado, o total de pacientes internados em CTI, suspeitos de terem sintomas da Covid-19 é de 94 pessoas, sendo 59 moradores de Divinópolis e 35 residentes em outros municípios. O número de pacientes internados em enfermaria, suspeitos da Covid-19 é de 104 pessoas.

Ainda conforme o Boletim Epidemiológico, a taxa de ocupação na Rede Hospitalar, tanto pública quanto privada para os leitos de Enfermaria e de UTI é de 61,2% e 82% respectivamente. A taxa de letalidade está em 3,04% e o ritmo de contágio agora é de 0,96%. O que significa que 100 pessoas podem contaminar outras 96. Os indicativos de isolamento social da população segue não sendo compartilhado, mesmo após o início da terceira semana na Onda Vermelha do Plano Minas Consciente.

Perfis das mortes deste 11 de maio de 2021

As vítimas fatais foram uma mulher e dois homens, sendo apenas uma delas idosa. De acordo com o Boletim, as três possuíam histórico de comorbidade.

  • Sexo masculino, 59 anos, portador de diabetes mellitus, asma e hipertensão arterial. Evoluiu para óbito no dia 10/05/2021.
  • Sexo masculino, 67 anos, portador de hiperuricemia. Evoluiu para óbito no dia 05/05/2021.
  • Sexo feminino, 58 anos, portadora de doença cardiovascular crônica e obesidade. Evoluiu para óbito no dia 11/05/2021.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

31  +    =  35

PODCAST: escuta essa!!