Divinópolis com situação privilegiada frente à covid-19; 106 leitos disponíveis em enfermarias e 53 em UTI poderá ir para ONDA VERDE


Mesmo com 67 mortes, e com a confirmação de 1.767 casos, entre os 14.577 notificados, o quadro de da Covid-19 em Divinópolis não é tão grave, já que segundo informações da Secretaria de Saúde, através do Boletim epidemiológico desta quinta-feira (22), estão livres, disponíveis para serem ainda ocupados, 106 leitos em enfermarias e 53 nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Com isso a taxa de ocupação nos leitos hospitalares, é extremamente baixa, somente de 23,9%, enquanto a taxa relativa ao percentual de óbito em relação ao número de casos confirmados é de apenas 3,79% e com o ritmo de contágio em 1,12% faz de Divinópolis uma das cidades mineiras em excelente situação frente à doença.  

Ainda e acordo com o Boletim, os casos notificados por faixa etária, mostram que a população menor do que um ano de idade, apresentam 78 notificações; de 1 a 4 anos com 302 notificados; 5 a 9 anos com 231 notificados, 812 notificados de 10 a 19, a faixa etária mais atingida de 20 a 39 anos com 7.185 notificados, de 40 a 59 anos constam 4.447 casos e a população com 60 anos ou mais está com 1.522 notificados.

Enquanto os casos confirmados por faixa etária, temos: aqueles com menos de um ano de idade, apresentam 4 confirmados; de 1 a 4 anos com 17 casos; 5 a 9 anos com 21 pacientes, de 10 a 19, a faixa temos 63 pessoas, de 20 a 39 anos com 733 confirmações, de 40 a 59 anos constam 624 casos e a população com 60 anos ou mais está com 305 notificados. O público feminino é maioria nas estatísticas, com 56% totalizando 994 e o público masculino com 773 confirmados, com 44%.

A taxa de isolamento social está em 32%, a taxa de do percentual do número de óbitos em relação ao número total de casos confirmados é de 3,79% e o ritmo de contágio do município está em 1,12%.

PODCAST: escuta essa!!