Lockdown em BH: Kalil determina fechamento do comércio e apenas serviços essenciais voltam a funcionar


Nesta sexta-feira (26), o prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil anunciou, em entrevista coletiva, que a capital retorna à estava zero no processo de reabertura econômica, com apenas o funcionamento dos serviços essenciais a partir desta segunda-feira (29).

“Eu gostaria de informar à população de BH que os dados e todo o protocolo da PBH pioraram muito. E nós estamos voltando à fase zero a partir de segunda-feira. Nós só iremos manter os serviços essenciais, como no início da pandemia”, disse em coletiva.

O prefeito afirmou estar triste ao dar essa notícia após a cidade se manter no nível dois durante duas semanas. “Ninguém avisou tanto que não era férias, que todos deveríamos nos manter em casa, o que não foi feito. Eu disse à minha equipe que nós temos uma linha de números, dados, leitos e certa ou errada ela será mantida”, lamentou.

Kalil ainda rebateu adversários, dizendo que há 100 dias está sendo alarmista, que o ‘bombardeio ia chegar’ e para o chefe do Executivo, ele chegou à capital mineira.

“Vamos tentar controlá-lo. Mas quero dizer à população e repetir: não estamos de férias. Fiquem em casa, denunciem, chamem. As máscaras serão obrigatórias. Foi aprovado na Câmara e serão sancionadas imediatamente”, completou, lembrando que haverá multas para aqueles que não usarem o equipamento.

Apesar do retrocesso econômico, Alexandre Kalil garante que o vírus não está descontrolado pela cidade, mas voltou a fazer um apelo pela conscientização da população.

“Estamos em descontrole? Não. Mas podemos chegar perto do colapso e do descontrole. Estou amargurado. Estou triste, mas vamos ver isso lá na frente. Nós pedimos a compreensão. Sabemos da nossa responsabilidade. Eu, como prefeito, peço desculpas a todos aqueles que respeitaram tanto esse isolamento, esse momento, e humildemente peço à população: vamos respeitar à ciência, o que deu certo no mundo inteiro. Não há outro caminho”, finalizou.

Fonte: O Tempo.

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!