URGENTE: Prefeitura de Divinópolis estuda flexibilização do isolamento social com condicionantes preconizadas pelo Ministério da Saúde


O Prefeito de Divinópolis Galileu Machado, segundo informações, após se reunir com técnicos da saúde e assessores nesta quinta-feira (16), sensível aos problemas econômicos do município decidiu que na próxima quarta-feira (22), após constatar que, caso o índice de internação e os leitos disponíveis de UTI estejam dentro dos parâmetros preconizados pelo Ministério da Saúde, ou seja abaixo de 50% de ocupação, poderá colocar em funcionamento um plano de flexibilização das atividades, com revezamento de funcionamento em dias alternados– Porém, ocorrendo a flexibilização, a situação será diariamente analisada. Havendo o aumento de utilização do sistema de saúde em índices acima dos preconizados, haverá retorno ao isolamento social de maneira imediata, já que o chefe do Executivo se assim não o fizer, incorreria em improbidade administrativa.

 

Parte do release enviado pela Diretoria de Comunicação da Prefeitura 

No documento ficou estabelecidos que o comércio só poderá reabrir cumprindo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Entre eles definir um responsável por controlar as medidas de segurança e prevenção, treinar os demais funcionários, fazer os controles e registros necessários. Somente adentrarão aos respectivos estabelecimentos o número de usuários correspondentes ao número de atendentes disponíveis. Realizar a higienização constante a cada atendimento das superfícies (balcões, carrinhos, cestas, bancadas, esteiras, máquinas de cartão de crédito/débito e etc.), utilizando álcool ou álcool gel 70%. Sinalizar e fiscalizar tanto no interior da loja, quanto no passeio, o distanciamento de 02 (dois) metros entre clientes aguardando atendimento, e afixar placas ou cartazes orientando os clientes quanto ao espaçamento, a fim de evitar aglomeração de pessoas. Implementar comunicação sonora e/ou visual através de cartazes, displays, placas e afins em locais estratégicos, sobre as recomendações do Ministério da Saúde quanto a limpeza e desinfecção das mãos.

O plano determina também que os funcionários e empregadores deverão usar além do equipamento de proteção individual, de acordo com a norma regulamentadora – NR nº 9 do Ministério do Trabalho e Emprego, deverão utilizar máscaras. A empresas precisarão verificar diariamente com os funcionários sobre os sintomas da Covid-19, caso apresente algum sintoma o funcionário deverá ser afastado temporariamente das atividades. Os estabelecimentos empresariais só poderão permitir a entrada de pessoas com a utilização de máscaras.

Já os prestadores dos serviços e profissionais liberais com atendimento individual, deveram realizar o atendimento com utilização de máscaras pelo cliente e profissional. Manter distanciamento de dois metros entre profissional e cliente. Parada para higienização e desinfecção do ambiente a cada atendimento nas dependências do local de trabalho. O atendimento deverá ser agendado com um cliente para cada profissional.

O prefeito, Galileu Machado, reforçou que todo processo será realizado de maneira mais segura possível para a população. “Estou muito preocupado com o povo de Divinópolis. Sei das dificuldades que muitos estão passando e essa retomada do comércio deve tranquila e segura para todos. Mas o que não quero, de jeito nenhum, é colocar em risco a vida das pessoas. Peço que permaneçam em suas casas, evitem sair ao máximo. A equipe vai monitorar a situação e dando tudo certo dia 23 será determinada a reabertura das atividades comerciais ”, completa.

O Secretário de Saúde, Amarildo Sousa, complementa explicando que uma das medidas adotadas será o uso obrigatório de máscaras pelos cidadãos. “As máscaras podem ser de pano, desde que de uso individual. Vamos trabalhar para conseguir a retomada do comércio. Mas para essa decisão a colaboração da população é fundamental. Nossas vidas ainda não voltaram ao normal, devem ser tomados todos os cuidados desde já. A colaboração com o isolamento agora que viabilizará essa flexibilização”, finaliza.

 

 

6 comentários em “URGENTE: Prefeitura de Divinópolis estuda flexibilização do isolamento social com condicionantes preconizadas pelo Ministério da Saúde

  • 16 de abril de 2020 em 21:37
    Permalink

    O difícil será acontecer esta fiscalização para controlar essas medidas de prevenção, já que não estão conseguindo fiscalizar nem as filas dos bancos e os serviços essenciais que funcionam atualmente,nem farmácias estão seguindo as normas de segurança, imagina grande parte do comércio funcionando.

    Resposta
  • 16 de abril de 2020 em 17:55
    Permalink

    Aí eu pergunto! os servidores municipais acima de 60 vão retornar e também ficarão expostos pq até então o material p higienização isto é papel higiênico, detergente pó de café vassoura lâmpadas é tudo pago com contribuição mensal de 10 reais pelos servidores em seus locais de trabalho e agora como fica….

    Resposta
  • 16 de abril de 2020 em 15:24
    Permalink

    Na hora que tiver gente morta pra todo lado e não houver covas suficientes, não adianta se arrepender não.
    A situação é muito séria, o mundo está mostrando o resultado. A única solução até agora é a quarentena e ponto.

    Resposta
  • 16 de abril de 2020 em 15:18
    Permalink

    Está mais do que correto, flexibilizar de forma gradativa e com acompanhamento de perto das pessoas que estão dando o pontapé inicial para o município voltar a ter confiança de que o vírus não e não pode ser impecilio para paralisar de forma catastrófica a economia da cidade.

    Resposta
  • 16 de abril de 2020 em 14:28
    Permalink

    Bom ele tem que olhar que Divinópolis recebe pacientes de todos município que tá com ou sem contaminação tem que tirar as dúvidas com paciente só de Divinópolis contaminado aí sim tem o percentual só daqui

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3  +  4  =