Prefeitura de Divinópolis, em Nota lamentou que rejeição da revisão do IPTU vá tornar o imposto mais caro para 12 mil contribuintes


A Administração Municipal, em Nota enviada à imprensa na última sexta-feira (30), lamentou a conotação política dada ao projeto de revisão da planta de valores do município de Divinópolis, rejeitado em sessão extraordinária da Câmara Municipal de Divinópolis. Vale destacar que a elaboração do referido projeto obedeceu a parâmetros exclusivamente técnicos, com o propósito de promover justiça social aos contribuintes. E mais: dentro dos preceitos democráticos e republicanos que norteiam o Governo Municipal, foi amplamente discutido com vereadores e com a comunidade em audiências públicas convocadas pelo próprio Legislativo Municipal.

Resta lamentar ainda que a discussão por parte de alguns dos envolvidos no processo tenha sido pautada por inverdades sobre o impacto que o projeto teria na correção tributária. Exemplo disso é o fato de que, em um primeiro levantamento, constata-se que, com a rejeição ao projeto enviado à Câmara, cerca de 12 mil contribuintes irão pagar já em 2018 o IPTU mais caro do que se o valor proposto tivesse sido aprovado.

É preciso destacar ainda que a planta de valores de Divinópolis não é atualizada há 24 anos e a atual administração cumpre a determinação legal prevista no Plano Diretor de Divinópolis de elaborar o projeto de revisão e enviá-lo ao Legislativo Municipal, cabendo aos poderes, independentes, assumirem seu papel e suas responsabilidades legais.

Ciente dos desafios que encontraria na gestão de nossa cidade e do quadro financeiro gravíssimo por que passam os municípios, particularmente em Divinópolis agravado  pelo resultado imposto hoje pelos vereadores ao povo de Divinópolis, a Administração Municipal destaca que mantém como prioridade austeridade na gestão pública e o compromisso com a população, principalmente os menos favorecidos, mas que tal decisão implicará no atendimento às necessidades de nossa cidade.

 

O vereador Edson Sousa, foi o artífice da derrota do Governo em plenário. Foi dele a autoria dos pedidos de Audiências Públicas, assim como a articulação com os presidentes das entidades patronais/empresariais.

 

3 comentários em “Prefeitura de Divinópolis, em Nota lamentou que rejeição da revisão do IPTU vá tornar o imposto mais caro para 12 mil contribuintes

  • 31 de dezembro de 2017 em 20:39
    Permalink

    Acorda Divinopolis, talvez a revisão seja justa, porem, antes de aumento de impostos, precisam acabar com o cabide de empregos da prefeitura, Galileu precisa ter coragem e acabar com o funcionários fantasmas e imprestaveis que vieram de herança maldita dos últimos 3 Prefeitos. Se o nosso dinheiro for bem administrado, teremos orgulho de pagar o justo pelo IPTU da nossa cidade, desde que o dinheiro seja bem gerido. Nos Brasileiros não aguentamos mais pagar tantos impostos, para ter tão pouco em troca, queremos o básico, Saúde, educação e Segurança. Feliz 2018 para nós, simples mortais. Sem sacanagem dos políticos, Basta!!!

    Resposta
  • 31 de dezembro de 2017 em 10:56
    Permalink

    Muda o disco!!! Este assunto já está cansando!!!

    Resposta
  • 31 de dezembro de 2017 em 07:57
    Permalink

    o galileu nao conseque chamar a atencao da sua propria filha que tem total rejeicao dos funcionarios do patio se o PMDB nao tomar providencias energicas contra delano e edson e outros vereadores que tem cargos na PREFEITURA sera a desmoralizacao total e finita do partido o prefeito tem que acordar e ver que a guerra entre o legislativo e o executivo foi declarada pelos vereadores principalmente da situacao a populacao o funcionalismo a camara municipal devem se preparar porque nesse COMBATE todos irao perder e sofrer e muito a nao ser que o galileu se acovarda e fique de quatro e lamba os pes desses nossos grandesssss defenssoresssss do POVAO

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.