Flávio Marra propõe redução de 25% no salário do prefeito e secretários de Divinópolis; campanha Robin Hood

Publicado por: Redação

A Câmara já  deu exemplo e reduziu o salário dos vereadores em 25% no final da gestão anterior. Na reunião da última quinta-feira,  o vereador Flavio Marra falou sobre o projeto que está em tramitação e que  propõe reduzir também em 25% o salário do prefeito e dos secretários e com isso sobrar recursos para investimentos em outras áreas, como a caótica saúde pública e conceder reajuste no valor do ticket para os servidores da prefeitura. 

O vereador afirmou que tendo como base os exemplos que a câmara dá ao executivo, em que o atual presidente  do legislativo, reajustou o ticket alimentação dos servidores da Câmara,  passando de R$ 12 para R$ 24 reais. Enquanto o prefeito, com a justificativa de não ter dinheiro em caixa, alega que não pode fazer o mesmo os servidores da Prefeitura. Porém, Flavio Marra provou que Isso é possível, ainda é possível  economizar dinheiro público.

Continua depois da publicidade

O vereador fez um cálculo simples: “se reduzir em 25% o salário do prefeito e dos secretário  chegaremos ao valor de R$ 759 mil de economia por ano. Sabendo que o aumento no ticket alimentação terá crescimento de no valor de R$ 576 mil , também por ano. Haverá ainda uma sobra de R$ 183 mil por ano. Dinheiro este que poderia ser usado para compra de remédios para a farmacinha ou até mesmo para fazer melhorias nos postos de saúde para melhor atender a população”, explicou Flávio

“Estou provando  que é possível economizar dinheiro público e ainda fazer justiça. Reforço que a Câmara na gestão anterior deu o exemplo e reduziu o salário em 25%.”, finalizou Flávio Marra.

A então vereadora Janete Aparecida, à época em que ainda era vereador teve muita preocupação com a redução de salário, incluindo o do prefeito. Contudo após ser eleita vice-prefeita não tocou mais no assunto.

 

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

Continua depois da publicidade