Em novo ataque a escola, homem mata quatro crianças e fere outras quatro em Blumenau, SC

Publicado por: Redação

Mais uma ataque a uma escola ocorreu na manhã desta quarta-feira (05), quando um homem de 25 anos invadiu a creche Cantinho Bom Pastor em Blumenau, na Rua dos Caçadores, no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, deixando crianças mortas. Segundo o Corpo de Bombeiros., as vítimas são três meninos e uma menina, de 5 a 7 anos. O agressor levava um machadinha e uma faca e, após fugir do local do crime, se apresentou ao 10° Batalhão de Polícia Militar, onde foi preso e encaminhado à Polícia Civil.

Pelo menos quatro crianças – duas meninas de 5 anos e dois meninos de 5 e 3 anos – foram levadas para o Hospital Santo Antônio – uma delas em estado grave, outra em quadro “intermediário” e duas com ferimentos leves. “Elas foram atendidas pela equipe de urgência e emergência e as famílias estão recebendo apoio da equipe multiprofissional da instituição”, disse o hospital em nota. Uma quinta criança com ferimentos leves foi levada pela mãe para o Hospital Santa Isabel, segundo a prefeitura.

Continua depois da publicidade

Segundo os bombeiros, havia 40 crianças na creche nesta manhã e o agressor, que não teve a identidade revelada, teria pulado o muro e atingido as vítimas de forma aleatória. “O autor pulou o muro armado com uma arma branca, do tipo machadinha, e desferiu golpes nas crianças, especialmente na região da cabeça, o que levou ao óbito dessas crianças”, descreveu o tenente-coronel Diogo de Souza Clarindo, comandante do Batalhão de Bombeiros Militar em Blumenau.

Uma professora que preferiu não se identificar contou que as crianças brincavam em um parque, que fica próximo ao muro da creche, no momento do ataque. Os pais de uma das vítimas chegaram à escola chorando muito, receberam abraços e foram levados ao local onde se concentram ambulâncias.

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

Continua depois da publicidade