Print, prova que “Assessora de Monitoramento de Mídias Sociais” da Prefeitura de Divinópolis faz campanha para ‘Cleitinho Governador de Minas’, na hora do expediente

Vanessa Aparecida Bernardes alegou que só compartilhava publicações em apoio ao senador fora do expediente, mas print mostra comunicação às 9h18

Publicado por: Redação

A funcionária pública comissionada nomeada recentemente, (27/1) como Assessora de Monitoramento de Mídias Sociais, na Prefeitura de Divinópolis,  Vanessa Aparecida Bernardes, segundo matéria publicada inicialmente no jornal O TEMPO e comprovada pelo Divinews,  compartilhou em uma página de apoio ao senador Cleitinho Azevedo (Republicanos) que já está em campanha para o Governo de Minas em 2026, um post às 09:18, ou seja, dentro do seu horário como servidora pública municipal –  Vanessa, ontem, terça-feira (28) fez um texto negando que  tivesse feito qualquer postagem em seu horário de trabalho. Contudo, nesta nova publicação, o “print” comprova que ela postou no horário do seu trabalho na Prefeitura de Divinópolis.  

Na mesma página de propaganda extemporânea, que os apoiadores do senador Cleitinho Azevedo criaram, obviamente “SEM QUE ELE TENHA CONHECIMENTO E DE NADA PARTICIPE” ela publicou um vídeo na manhã desta quarta-feira (29) no qual se diz perseguida pela deputada estadual Lohanna França (PV), que fez uma notícia de fato para o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) para denunciar o abuso.

Continua depois da publicidade

“A deputada Lohanna França está perdendo o tempo dela fiscalizando o que eu faço no meu horário de almoço. Já foi provado que é mentira (o compartilhamento durante o expediente da prefeitura). No meu horário de almoço, é meu direito fazer o que eu bem entender”, disse a servidora Vanessa Aparecida Bernardes.

A gravação do vídeo vai na mesma linha da nota enviada por ela à reportagem na terça. Ela afirmou que criou outra página de apoio a Cleitinho porque “muitas pessoas (estão) dizendo que a única salvação para Minas Gerais é termos o senador como governador em 2026”. A servidora disse que mandou mensagens no WhatsApp enquanto almoçava, o que é desmentido pelo print acima, e com seu smartphone pessoal. “Não utilizei nada da prefeitura para enviar as mensagens. Destaco que fora do horário de expediente sou cidadã comum e tenho o direito de expressar minhas opiniões”, completou.

LEIA TAMBÉM

Prefeitura de Divinópolis “paga fatura eleitoral” dos irmãos Azevedo, Eduardo e Cleitinho; Gleidson nomeia Vanessa Aparecida, no cargo de assessora de monitoramento de mídias sociais

 

PONTO DA SERVIDORA PROVA QUE ELA ESTAVA NA HORA DO TRABALHO. (Só o MP pedir)

 

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

  1. João Pedro disse:

    Como é mesquinha e ignorante,

  2. Ana May disse:

    Outra sangue suga de divinopolis. Povo pilantra

  3. Anônimo disse:

    APOIAR CREITIM GRITIM GOVERNADOR NOSSSSSSIIIIIINHOOOOOORAAAAAAA NOS SALVE SALVE. JA TA RUIM A SITUAÇAO COM ESSA COISA ABJETA BOLSOMINION RASCUNHO MAL FEITO.
    ESSA SENHORA A QUE FALA ESTA SIM FAZENDO PROPAGANDA NA HORA DE TRABALHO.ESTAO FAendo sim

Continua depois da publicidade