Renúncia (vídeo) de Delamonica vira eleição da OAB Minas de ‘ponta cabeça’; resvala em Divinópolis (veja chapa)


A atual vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Minas Gerais, Helena Edwirges Santos Delamonica, que havia colocado o seu nome na disputa das eleições de novembro, e se eleita substituir  Raimundo Candido Junior, conhecido no meio jurídico como Raimundinho. De repente, por meio de um vídeo de surpresa para os demais anunciou sua desistência na disputa eleitoral. Agradeceu quem estava caminhando com ela, em especial as mulheres. Avaliou que para existir mudanças é necessário que haja interlocução, diálogo e principalmente boas alianças para concretizá-las e trocou sua candidatura por um cargo.

Delamonica anunciou que a partir daquele momento passava a apoiar o candidato Luís Claudio, depois que ele lhe ofereceu, se eleito, a Presidência da Caixa de Assistência dos Advogados.

Os reflexos da desistência de Delamonica logo chegaram a Divinópolis, já que o atual presidente da OAB Divinópolis – 48ª Subseção, Manoel Brandão estava compondo chapa como vice dela, e com isso o seu apoio também migrou para Luís Claudio, com uma promessa, diz a fonte, de ele  também teria cargo na Caixa de Assistência dos Advogados.

Ocorre que, de acordo com informações obtidas pelo Divinews, o candidato Luís Cláudio tem um alinhamento político muito à direita, seria “bolsonarista de carteirinha”, o que tem desagradado as poucas correntes centro-esquerda da entidade em Minas e Divinópolis, causando com isso grandes desavenças, até mesmo públicas e divisões entre membros da entidade,  que até então chegavam a “comer no mesmo prato e beber no mesmo copo”. O dos questionamentos refere-se ao atual presidente da OAB Divinópolis, que segundo a fonte, no passado teria adjetivado Luiz Cláudio de fascista.

Segundo o calendário eleitoral da OAB que vale para todo o país, nesta próxima quinta-feira (27), é o último dia para as inscrições das chapas que disputarão as eleições em novembro. E até então, extraoficialmente, as candidaturas que estão posta é de Luís Claudio, que já foi presidente da OAB Minas por duas vezes; Sérgio Leonardo, tesoureiro em gestão anterior a atual; Lucas Bessone e ainda Carla Silene.

Na subseção de Divinópolis não haverá disputa, a eleição será de chapa única, com Ellen Lima candidata a Presidente substituindo Manoel Brandão, tendo Andrea Costa Borges, como vice-presidente; Secretário-Geral será Luciana Cristina Santos; Secretário-Geral Adjunto, João Henrique Cunha Gontijo; Tesoureiro, Gustavo Henrique de Resende; Os conselheiros serão:  Alais de Guadalupe Rosa, Euler Manata Elois, Gabriela Aparecida de Castro Dutra, Marcelo Luiz de Souza, Marina de Alcantara Ribeiro, Mateus de Oliveira Moreira, Pedro Paulo Pozzolini, Valquiria de Paula Santana, e Wuodson de Paula Pereira.

 

Um comentário em “Renúncia (vídeo) de Delamonica vira eleição da OAB Minas de ‘ponta cabeça’; resvala em Divinópolis (veja chapa)

  • 28 de outubro de 2021 em 16:53
    Permalink

    É, a OAB desviou seu destino, às favas os advogados, o que importa são cargos com polpudos recursos. É por essas e outras que a Caixa de Assistência perdeu o hospital com poucos anos de inaugurado, dizem a “meia boca” em razão de desvios financeiros na própria CAAMG.
    Um exemplo de abandono ao profissional do direito, eu não falo da OABMG, falo da OAB/Brasil, dentre outras tantas perdas foi a decisão do INSS de capacitar os cartórios para concessão de benefícios, vale lembrar a OAB não deu um único sinal de vida.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  84  =  92