Secretaria de Saúde de Divinópolis diz que aplicará 3ª dose da vacina contra covid-19 em público especifico a partir de 15 de setembro


Segundo a Secretaria de Saúde de Divinópolis, a partir do dia 15 de setembro, por Nota Técnica do Ministério da Saúde, o reforço da vacina contra covid será aplicada nos idosos acima de 70 anos, desde que eles tenham tomado a segunda dose, ou dose única, no mínimo, há seis meses, independente do imunizante aplicado. 

Uma dose de reforço também será aplicada em pessoas com alto grau de imunossupressão /imunodeficiência primária grave como quem está fazendo sessões de quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 <200 céls/mm3; pessoas que fazem uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente,por ≥14 dias; que fazem uso de drogas modificadoras da resposta imune; pacientes em hemodiálise; pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (hematológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias).

Para os indivíduos com alto grau de imunossupressão o intervalo para a dose de reforço deverá ser de 28 dias após a última dose do esquema básico. A vacina a ser utilizada para a dose adicional deverá ser, preferencialmente, da plataforma de RNA mensageiro (Pfizer/Wyeth) ou, de maneira alternativa, vacina de vetor viral (Janssen ou Astrazeneca).

Porém, o cadastro só poderá ser aberto após o Estado oficializar o envio das doses de reforço para atendimento deste público.

A nota do Ministério da Saúde destaca ainda que: “com o avanço da vacinação nas demais faixas etárias, a depender da evolução da epidemia no país, bem como o surgimento de novas evidências científicas, a administração de doses adicionais para outros grupos poderá ser considerada”.

 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

79  +    =  85