Superintendência de Saúde de Divinópolis desmobiliza 61 leitos covid-19 da Macrorregião Oeste


A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), por meio da Regional de Saúde de Divinópolis, esclareceu nesta quarta-feira, que o Comitê Macrorregional Oeste que avalia o cenário epidemiológico semanalmente, ocasião que também é verificada a necessidade da manutenção de todos leitos disponibilizados para atendimento covid-19, assim como a necessidade de ampliação, e chegaram à conclusão que no cenário atual é possível desativar dezenas de leitos de toda Regional, já que a taxa de ocupação dos leitos nesta última terça-feira (20) era de 59,89% em UTI e 48% de enfermaria e sem pacientes aguardando leitos.

Serão desativados

Hospital São Luiz, em Formiga: 7 leitos de UTI;

Santa Casa, em Campo Belo: 3 leitos de UTI;

Hospital São Carlos, em Lagoa da Prata: 10 leitos de UTI;

Santa Casa, em Itaguara: 6 leitos de enfermaria;

Santa Casa de Misericórdia, em Itapecerica: 5 leitos de enfermaria;

Hospital Carlos Chagas, em Candeias: 10 leitos de enfermaria;

Hospital Municipal, em Santo Antônio de Cristais: 10 leitos de enfermaria;

Hospital Nossa Senhora Aparecida, em Luz: 10 leitos de enfermaria.

Ao todo foram desmobilizados 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 41 de enfermaria para atendimento covid na macrorregião Oeste. Estes leitos já eram estruturas existentes e que com agravamento da pandemia, em março de 2020, foram direcionados para atendimento covid. Com a redução no número de internações verificado nas últimas semanas, eles voltam a ser direcionados para outras clínicas.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!