COVID-19: Todos os hospitais que atendem planos de saúde em Divinópolis estão com ocupação de leitos acima de 100%; reflexo do dia dos namorados pode piorar situação


A Secretaria Municipal de Saúde por meio de Boletim ao atualizar nesta segunda-feira (14) os dados de ocupação dos leitos da rede hospitalar de Divinópolis demonstrou preocupação com a taxa de 80% do CTI Adulto da UPA, já que dos 30 existentes somente seis estão disponíveis, enquanto na enfermaria dos 32 disponibilizados para o SUS, 26 estão ocupados, representando 81,25% – Enquanto no hospital do Complexo de Saúde São João de Deus, está com quase 100% de ocupação no CTI Adulto, já que dos 20 destinados ao SUS, existe apenas uma vaga disponível, e na enfermaria 17 dos 30 leitos, estão ocupados correspondendo a 56,67% – Diante das aglomerações que ocorreram, em bares, restaurantes, sítios e boates no dia dos namorados, os técnicos em saúde tem a expectativa negativa que a situação pode piorar bastante. O reflexo na ocupação dos leitos será percebido a partir da próxima semana.

Na saúde suplementar, ou seja os hospitais que só atendem plano de saúde, e não o SUS, dois hospitais operam acima de sua capacidade CTI Adulto. O Hospital São Judas Tadeu tem cinco leitos extras, o que corresponde a 183,33% dos leitos, enquanto o Hospital Santa Lúcia está com dois leitos a mais, representando 112,50% de ocupação.

 A área suplementar do Complexo São João de Deus e o Hospital Santa Mônica se encontram com 100% de ocupação total no CTI Adulto, com 16 e 11 leitos, respectivamente.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

19  +    =  23