SURTO COVID-19: Por pressão do SINTRAM e da vereadora Lohanna França, Prefeitura interdita Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) até dia 31


Não fossem as pressões do Sindicato dos Trabalhadores Municipais e da vereadora Lohanna França que estiveram na manhã desta quarta-feira (26) no Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC) ocasião que desceram da Avenida Paraná não apenas o prefeito, mas diversos secretários para verem in loco a aglomeração de servidores trabalhando quase que um sobre o outro – Embora a prefeitura tenha emitido uma nota, dizendo que segue protocolos internacionais, etc, etc, o fato é que não fosse a pressão o local continuaria funcionando, como ocorreu nesta última terça-feira, mesmo após ter constatado que cinco servidores foram contaminado desde a última sexta-feira e nos testes realizado ontem, novos casos foram descoberto e mesmo assim eles reabriram o CAC nesta quarta-feira (26), só fechando após as 13 horas deste mesmo dia, com a reabertura prevista para a próxima segunda-feira (31).

Segundo dados levantados pelo Divinews, os últimos números de contaminação no lugar chegam a 15 servidores contaminados, sendo que um deles é de uma servidora que está internada e intubada.

O Divinews constatou e a vereadora Lohanna confirmou que existe um vídeo que separa o cidadão usuário do servidor, contudo, não existe separação de um servidor para o outro. O fato é que além da transmissão entre servidores, o surto que ocorreu, possivelmente, com grandes chances de ter ocorrido. Os usuários que lá estiveram podem ter sido contaminados também, criando um grande elo de contaminação na cidade, já que centenas de pessoas procuram os diversos serviços que são ofertados ao munícipes.

OPINIÃO DIVINEWS: Enquanto a vereadora Lohanna França, o vereador Roger Viegas, Ademir Silva, e Hilton de Aguiar, defendem os cidadãos da cidade e tentam resolver seus vários problemas. Os demais saem pela cidade exaltando o chefe do executivo e fazendo videozinhos de pequenas realizações de varejinho, que em nada contribui para a cidade. Somado a um prefeito “meninão” despreparado para o cargo. 

 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  77  =  82