Vice-prefeito de São Gonçalo do Pará é acusado de ‘fura fila’ e tomar vacina contra covid-19; ele nega


Os moradores da cidade de São Gonçalo do Pará nas redes sociais estão expressando indignação e revolta em consequência do vice-prefeito, Jairo Mota, supostamente, ter tomado a vacina contra a Covid-19, já que o seu nome consta em uma lista de pessoas que foram vacinadas. Assim como o proprietário de um laboratório que exerce função administrativa na empresa e não trabalha na linha de frente no atendimento a pacientes covid.

Na noite desta quarta-feira (10), ao Divinews Jairo negou a acusação, informando que o seu nome consta na lista, mas que ele não tomou a vacina. E explicou que indevidamente, antes mesmo do primeiro lote de 43 vacinas chegar ao município, a secretária de saúde colocou o nome dele em uma lista, isso por que antes dele ser eleito vice-prefeito na chapa do prefeito Osvaldo Maia Zaquinha, ele militava na área da saúde, “daí a confusão”, explicou –

O vice-prefeito contou também que foi feita uma representação no Ministério Público para apurar quais foram as pessoas que foram vacinadas sem ter direito. Pois segundo ele, o critério que foi adotado é o mesmo de todas as cidades, vacinar primeiro os profissionais da saúde que estão na linha de frente e posteriormente os demais.

São Gonçalo do Pará recebeu 43 doses na primeira remessa do Estado, e 152 doses na segunda remessa.

O nome de Jairo é o terceiro da lista, ao lado está “SECRETARIA”

 

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!