Polícia Civil lança aplicativo “MG Mulher”, destinado à mulheres vítimas de violência


Para celebrar os 14 anos da Lei Maria da Penha, a Polícia Civil de Minas Gerais lançou nesta sexta-feira (07), o aplicativo MG Mulher, que é gratuito e garante salvar vidas.

Desenvolvido pela Superintendência de Informações e Inteligência Policial, o aplicativo está disponível para download nas appstores dos sistemas operacionais Android e IOS.

Pelo aplicativo, a polícia espera diminuir o índice de violência doméstica. Apenas em Divinópolis, durante o isolamento social, houve um aumento de registros de 16,8% mulher que foram agredidas.

De acordo com a PC, após um breve cadastro, as mulheres terão acesso a diversos conteúdos relativos à temática da violência doméstica, que poderão auxiliá-la no enfrentamento do problema, ampliando o seu conhecimento e fortalecendo as suas tomadas de decisões.Divulgação PCMG

O aplicativo permite, ainda, que a mulher possa criar uma rede colaborativa de contatos confiáveis que ela poderá acionar de forma rápida, caso sinta que está em situação de perigo.

Essa rede de amigos e familiares poderá ser acionada via SMS e a sua localização será enviada ao destinatário. De posse da localização, o destinatário poderá acionar a Polícia Militar que, de forma mais rápida, chegará até a vítima. Com sistema de localização, a usuária, ao clicar em “Unidades Policiais” ou “Instituições de Apoio”, tem acesso a listas geradas na tela, que contêm a informação da distância em que elas se encontram.

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!