Municípios da microrregião de Bom Despacho criam plano conjunto como tentativa de adequação ao Minas Consciente


Nessa segunda-feira (03), representantes de seis das sete cidades que compõe a microrreginal de Saúde de Bom Despacho se reuniram para definir como acatar a ordem judicial que obriga todas a aderiram ao Programa Minas Consciente, sem prejudicar suas economias.  

No encontro, apenas Serra da Saudade não enviou representante. Luz decidiu por estudar melhor a situação. Já os outros cinco municípios: Bom Despacho, Dores do Indaiá, Estrela do Indaiá, Martinho Campos e Moema concordaram com a elaboração de um plano conjunto de combate à pandemia. 

Essa alternativa está prevista dentro do Minas Consciente e permitirá que, em Bom Despacho, todos os segmentos liberados continuem funcionando, exceto as academias. Para a secretária de Saúde, Neide Braga, o município está preparado e conseguiu reduzir a velocidade da proliferação da Covid-19, por isso não vão desistir de manter aberta as academias e solicitarão ao Ministério Público que elas continuem abertas.  

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!