SAMU CENTRO-OESTE passa a receber quase 8 milhões do Governo Federal


De acordo com informações da Assessoria de imprensa do deputado federal Domingos Sávio (PSDB), após a intervenção do parlamentar junto ao Ministério da Saúde, a habilitação do SAMU Centro-Oeste passou a ser uma realidade. Pois a portaria que habilita o serviço foi publicada nesta quinta-feira (12) no Diário Oficial da União. Embora o SAMU estivesse em funcionamento desde junho de 2017, porém, ainda não havia sido credenciado – O custo do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência estava sob a responsabilidade do Estado de Minas Gerais e dos municípios. Com a publicação da portaria, a União passa a participar do custeio, o que vai desonerar as contas do estado e das cidades. O subsídio anual assumido pela União é de R$ 7.931.700,00.

Domingos Sávio ressaltou que o SAMU atende 1,5 milhão de pessoas em 53 municípios. Eu venho lutando há mais de um ano por essa causa extremamente importante não só para Divinópolis, mas para todo o Centro-Oeste mineiro. A luta pelo credenciamento é um processo que vem sendo construído há vários meses e agora foi concluída coroando o êxito do trabalho dos prefeitos e das lideranças para garantir o funcionamento do SAMU”, destacou.

As cidades contempladas são Araújos, Arcos, Bambuí, Bom Despacho,Camacho, Campo Belo, Cana Verde, Candeias, Carmo da Mata, Carmo do Cajuru, Carmópolis de Minas, Cláudio, Conceição do Pará, Córrego Danta, Córrego Fundo, Cristais, Divinópolis, Dores do Indaiá, Estrela do Indaiá, Formiga, Igaratinga Iguatama, Itaguara, Itapecerica, Itatiaiuçu, Itaúna, Japaraíba, Lagoa da Prata, Leandro Ferreira, Luz, Martinho Campos, Medeiros, Moema, Nova Serrana, Oliveira, Onça de Pitangui, Pains, Pará de Minas, Passa Tempo, Pedra do Indaiá, Perdigão, Pimenta, Pitangui, Santana do Jacaré, Santo Antônio do Amparo, Santo Antônio do Monte, São Francisco de Paula, São Gonçalo do Pará, São José da Varginha, São Sebastião do Oeste, Serra da Saudade e Tapiraí.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.