“Operação Tiradentes II” bate recorde ao abordar 3.192 pessoas na área da 7ª Região da Policia Militar, localizada em Divinópolis (veja imagens)


Desde que o Coronel Marcelo Augusto assumiu o comando da 7ª RPM, as  operações se intensificaram e têm sido constantes. E na Operação Tiradentes II, foi batido o recorde do número de pessoas que foram abordadas em toda região sob o seu comando. Por que após 24 horas ininterruptas da operação, considerando o seu lançamento na última sexta-feira (11) às 16 horas e o encerramento no sábado (12) também no mesmo horário. Os números apresentados, são espantosos. Foram abordadas 3.192 pessoas; com 33 pessoas presas – Na operação da 7ª RPM foram empregados 488 policiais militares e 176 viaturas policiais, nos 50 municípios sob sua responsabilidade territorial, distribuídos em pontos estratégicos da região, tanto na zona urbana como na rural, por meio da realização de várias operações como presença, blitz, lei seca, batida policial e outras – A mega operação policial teve o apoio da 7ª Cia da Polícia Militar Rodoviária que realizou diversas operações nas rodovias da região, coibindo a prática de infrações de trânsito, garantindo a segurança dos usuários das rodovias e contribuindo para a prevenção criminal – Outro apoio também importante foi o empenho da 7ª Cia de Polícia Militar de Meio Ambiente, que desenvolveu suas atividades em defesa do meio ambiente, também focada na prevenção criminal.

 

Resultado da Operação Tiradentes II:

– 3192 pessoas abordadas

– 33 pessoas presas

– 08 menores infratores apreendidos

– 01 arma de fogo apreendida

– 30 gramas de maconha

– 20 buchas de maconha

– 05 cigarros de maconha

– 15 tabletes de maconha

– 138 pedras de crack

– 09 pinos de cocaína e 01 dola da mesma substância

– 62 veículos apreendidos

– 01 veículo recuperado

– 324 Autos de Infrações de Trânsito lavrados

 

 

Um comentário em ““Operação Tiradentes II” bate recorde ao abordar 3.192 pessoas na área da 7ª Região da Policia Militar, localizada em Divinópolis (veja imagens)

  • 14 de maio de 2018 em 13:01
    Permalink

    NÃO ESTÃO FAZENDO NADA ALÉM DE SUAS OBRIGAÇÕES.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.