Pais reclamam de abusos das escolas particulares em Divinópolis; algumas formam carteis na venda de livros


Com a publicação da notícia de que o Procon de Divinópolis lançou uma cartilha com alerta contra os abusos cometidos pelas escolas particulares, muitos pais entraram em contato com o Divinews reclamando das exigências que são feitas pelas escolas particulares, e que por medo de retaliação com seus filhos, eles, os pais, jamais denunciaram qualquer instituição de ensino e sugeriram que o órgão fiscalizador deveriam adotar método de fiscalização, mas sem expor a identidade dos denunciantes – Conforme um pai, entre os muitos abusos cometidos um dos principais são os pedidos de folha de papel chamex. Um outro denunciou que os alunos são obrigados a comprar livros nas escolas conveniadas à uma rede de ensino, e com isso é formado um verdadeiro cartel, por que os preços são os mesmos.      

Veja apenas dois exemplos de denúncias contra as instituições particulares.

“É um verdadeiro abuso que acontece todos os anos na renovação de matrícula de nossos filhos na rede particular de ensino de forma generalizada. Aumentos de mensalidades acima do permitido pela legislação vigente mais a compra obrigatória do material didático da escola e pedidos de folhas de papel CHAMEX entre outras irregularidades. Realmente muitos pais não fazem DENÚNCIAS com receio de retaliações contra seus filhos. O PROCON e outros órgãos responsáveis pela fiscalização da Educação deveriam adotar algum método de fiscalização sem expor a identidade dos denunciantes”

“Infelizmente os pais de alunos ficam OBRIGADOS a comprar os livros nas Escolas conveniadas com a Rede Pitágoras, formando um verdadeiro cartel. Não há opção para se conseguir melhor preço e descontos, pois todos os conveniados têm sempre os mesmos valores. Deveriam por seus livros em livrarias normais e não em escolas!!! PROTESTO!!!”

 

Imagem ilustrativa

4 comentários em “Pais reclamam de abusos das escolas particulares em Divinópolis; algumas formam carteis na venda de livros

  • 14 de janeiro de 2018 em 10:47
    Permalink

    FALTOU DAR NOME AOS BOIS.O COLÉGIO ROBERTO CARNEIRO É O CAMPEÃO DE IRREGULARIDADES ONDE TODO FINAL DE ANO OS PAIS PASSAM O MAIOR SUFOCO PRA ATENDER ÀS EXIGÊNCIAS ABSURDAS E O AUMENTO ABUSIVO DAS MATRÍCULAS E MATERIAL ESCOLAR SÓ FORNECIDO PELO COLÉGIO LIGADO À REDE PITÁGORAS EM FLAGRANTE DESRESPEITO AO CÓDIGO DO CONSUMIDOR PRA NÃO DIZER DA MORALIDADE ÉTICA TÃO ANUNCIADA NA MÍDIA PELOS ADMINISTRADORES DO ESTABELECIMENTO QUE SÃO OS PRIMEIROS A ULTRAPASSAR OS LIMITES LEGAIS DO ENSINO PARTICULAR NA CIDADE.VÁRIOS PAIS DE ALUNOS COM 2 OU MAIS FILHOS MATRICULADOS NA ESCOLA EM ALGUNS CASOS TIVERAM QUE TRANSFERIR SEUS FILHOS PRA OUTRAS ESCOLAS COM VISÍVEL DANO MORAL E PSICOLÓGICO.TÁ NA HORA DO MINISTÉRIO PÚBLICO E PROCON EXAMINAREM AS PLANILHAS DE CUSTOS DA ESCOLA NÓS ÚLTIMOS ANOS PRA CONFIRMAR AS DENÚNCIAS.

    Resposta
  • 14 de janeiro de 2018 em 03:00
    Permalink

    qual a intituicao que nao tem treta neste brasil de DEUS nos acuda

    Resposta
  • 13 de janeiro de 2018 em 23:43
    Permalink

    Ideologia de gênero também

    Resposta
  • 13 de janeiro de 2018 em 22:46
    Permalink

    Cartel está por todos os lados em nosso país.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.