Divinópolis: Deputada eleita Lohanna é novamente ameaçada pela extrema-direita (vídeo)


A vereadora e deputada eleita Lohanna França (PV), disse em seu pronunciamento desta terça-feira (13) que foi novamente ameaçada nas redes sociais. Em uma postagem no Facebook, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro usaram termos como “vagabunda” e “biscate”, além de afirmarem que a deputada merecia apanhar.

Com o plenário da Câmara cheio de bolsonaristas e aos gritos de “comunista”, a vereadora mostrou prints dos ataques e afirmou que iria à delegacia após o pronunciamento, para registrar boletim de ocorrência contra as agressões sofridas na internet, além das ocorridas de forma presencial no plenário.

Lohanna disse aos presentes, que a eleição já acabou. “A mulher que vocês chamaram de biscate sem moral teve 67 mil votos e vai representar todos os mineiros, gostem ou não. O fim do processo eleitoral foi decretado ontem com a diplomação do presidente Lula. A insatisfação faz parte do processo democrático, e quem não está satisfeito vai para a oposição e tente frear os planos do governo. É assim que funciona na democracia”.

A deputada eleita lamentou ter que ir mais uma vez à delegacia, após sofrer ataques e ameaças. Somente esse ano ela já registrou queixa por duas vezes, sendo uma por ameaça de morte.

“A gente não deve ser tolerante com discursos intolerantes, quem pede atos antidemocráticos, não está exercendo o direito de liberdade de expressão. E o que vocês fizeram ontem em Brasília provou. Baderneiro, é pouco!”, ressaltou Lohanna.

5 comentários em “Divinópolis: Deputada eleita Lohanna é novamente ameaçada pela extrema-direita (vídeo)

  • 13 de dezembro de 2022 em 19:51
    Permalink

    Que absurdo!!!! Essa turma acha que a razão é exclusividade deles? Protestar é direito constitucional exceto quando passa a ser crime. Ofensa, injúria, calúnia, obstrução de rua mesmo que pacificamente são crimes.
    Caso contrário convoquem seus políticos para mudarem as leis. O seu direito termina onde começa o direito do outro.

    Resposta
  • 13 de dezembro de 2022 em 19:45
    Permalink

    Só podia ser idosa aposentada que não tem nada o que fazer. Deve ser parente dos Azevedo. Credo , povinho bunda.Ridicula. processo nela!

    Resposta
    • 14 de dezembro de 2022 em 11:44
      Permalink

      Parabéns Lohanna! JOVEM CORAJOSA E Verdadeira. O Povo brasileiro, da Paz e exercício livre e democrático e principalmente o mineiro tem orgulho, respeito e admiração por uma mulher como você! Eu, Juliano, e médico de família e comunidade, há 26 anos te admita e te apoia!!!

      Resposta
  • 13 de dezembro de 2022 em 16:57
    Permalink

    Incrível como só pessoas podres apoiam Bolsonaro.Lixos.

    Resposta
    • 13 de dezembro de 2022 em 22:46
      Permalink

      Como assim pessoas podres??? Pobre é quem vota em vagabundo, ladrão e quadrilheiro. Isso sim é vergonha, aprenda a respeitar as pessoas. Ahhhh como respeitar os outros se vota em bandido!

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2  +  8  =