FIEMG processa Kalil por ilações acusatórias durante campanha e debate eleitoral na TV


Durante a  campanha eleitoral e mais publicamente no debate promovido pela TV Globo entre os candidatos ao Governo de Minas, Kalil fez diversas declarações acusatórias contra a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG). Segundo Flávio Roscoe, presidente da entidade, Kalil acusou sem ter provas que a FIEMG, quanto instituição, estaria apoiando o Governador Romeu Zema. Roscoe disse que  um ou outro empresário individualmente pode ter apoiado, mas não a FIEMG. “Tenho certeza que há industriais que apoiaram Kalil. E aí vai dizer que é a FIENG que está apoiando?” questionou o líder empresarial.

O presidente também acusou Kalil de “demonizar a atividade empresarial”. “A entidade de classe está aqui para representar e defender o setor produtivo e defender o setor produtivo e a sociedade.

Roscoe disse ainda que a FIEMG teve uma postura neutra nas eleições e, por isso, esperou o resultado da eleição para divulgar que está movendo uma ação contra Kalil e que os mineiros fizeram a melhor escolha ao eleger Zema. “O governo atual tem feito um grande trabalho na melhoria do ambiente de negócios”, disse.

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  34  =  36