PIZZA: Vereadores em ataque coletivo de esquecimento da CPI da Educação de Divinópolis; destacam mazelas da saúde e atacam Zema por adiar obra do Hospital Regional


Na Reunião Ordinária desta terça-feira (21), na Câmara de Divinópolis, todos os 17 vereadores passaram ao largo da CPI da Educação, falaram de quase todas as mazelas e ações elogiosas, calçamentos, animais abandonados, acidentes em rodovia, emendas parlamentares, entrega da usina de asfalto, Hospital Regional. Porém, nenhuma palavra foi dita sobre o andamento da CPI da Educação. Jogaram para debaixo do tapete a suposta acareação que seria feita entre a secretária de educação e o secretário de Administração que na oitiva de ambos, um jogou a culpa para o outros, e ficou por isso mesmo. Pelo andar da carruagem, com a aproximação do recesso do mês de julho, a investigação sobre o superfaturamento nas compras para a Secretaria de Saúde por meio de adesões de atas, sinaliza que acabará em pizza, ou no máximo, no máximo a culpa recairá apenas sobre Andreia Dimas, a secretária da pasta.  

A vereadora Ana do Quintino, da base do governo, abordou os problemas de atendimentos na UPA e de campanha de agasalho, e dos problemas de segurança na MG050; Josafá falou sobre calçamentos no conjunto Elizabeth Nogueira, reforçando a reclamação da cidadã que usou a Tribuna Livre; Israel da Farmácia se expressou sobre as emendas do deputado Domingos Sávio; Wesley das melhorias para o bairro São José por emendas recebidas para o local; Edsom Sousa, líder do Governo, elogiou o deputado federal Jaime Martins por liberação de emenda para calçar rua do Porto Velho; Já Diego Espino se expressou creditando à ele a Usina de Asfalto que chegou em Divinópolis; Ney Burguer foi mais longe, colocou um nariz de palhaço e veementemente criticou a postura do Governador Zema por ter prometido o término das Obras do hospital Regional somente para o final do ano.

O vereador Rodyson do Zé Milton fez uma autoanálise de seu comportamento, desde o inicio do seu primeiro mandato; Enquanto Lohanna França, como relatora da CPI da Educação, também não falou um “A” sobre o assunto, abordou também a questão do péssimo atendimento da UPA Padre Roberto, e dos problemas estruturais do Bairro Copacabana. Até mesmo o autor da denúncia da adesão de atas superfaturadas da Secretária de Educação, o vereador Ademir Silva, desviou do assunto a abordou também a saúde, dizendo que o prefeito foi eleito para “fazer funcionar o que não funciona”. Ademir desfiou um rosário de “dó” das pessoas que estão sofrendo não só com a saúde, mas com a Copasa, com o transporte urbano, o término do Hospital Regional somente no fim do ano.

Hilton de Aguiar, seguiu na mesma toada e seguiu com as criticas na área da saúde, do atendimento tanto na UPA quanto na Policlínica. “Falar que vai terminar o hospital público só no fim do ano é um tapa na cara”, disse Hilton; Roger Viegas falou sobre os animais soltos em vias públicas da cidade que provocam acidentes, lembrando um recente acidente que um motoqueiro morreu ao bater em um cavalo. Teceu comentários negativos sobre a imprensa, que não faz resumo da fala dos vereadores e quando o faz é de forma que o veículo quer sob a ótica dela (imprensa), disse ainda que já fez requerimento solicitando um local de abrigo para animais abandonados. Encerrou fazendo afagos no prefeito.

Já o vereador Flávio Marra enalteceu uma emenda do deputado federal Newton Cardoso Junior, a quem ele apoia,  que destinou R$ 500 mil reais para o CISVI. A seguir também criticou a UPA, dizendo querer morar na propaganda fantasiosa que é feita, de que lá está tudo perfeito. Marra também voltou a fazer criticas ao deputado federal Domingos Sávio, que segundo ele, tem na política o mesmo tempo de problemas da saúde do município.

 

4 comentários em “PIZZA: Vereadores em ataque coletivo de esquecimento da CPI da Educação de Divinópolis; destacam mazelas da saúde e atacam Zema por adiar obra do Hospital Regional

  • 23 de junho de 2022 em 14:17
    Permalink

    Essa CPI é uma brincadeira não se apura nada até parece que está fazendo o de sempre ou seja Nada.

    Resposta
  • 22 de junho de 2022 em 09:32
    Permalink

    No frigir dos ovos nada será feito como sempre . Roubam nosso dinheiro e fica tudo bem . Nosso prefeito não passa de um falastrão que fala muito e age pouco , e, nossa câmara de vereadores um bando de paus mandados . Era paizinho essa política de dê ao povo pão e circo não muda nunca !!!

    Resposta
  • 21 de junho de 2022 em 20:35
    Permalink

    A verdade é que vereador é igual mamá de homem, não serve pra nada. Só falam m… DÁ NOJO

    Resposta
  • 21 de junho de 2022 em 20:11
    Permalink

    Aproveita a deixa do vereador , nós aqui no bairro Santa Lúcia , estamos sofrendo , rua sem calçar sem rede esgoto , sem apoio abonado, rua jesuíno ferreira da Silva

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  4  =  9