Policia Civil emite Nota Oficial por vídeos que circulam nas redes sociais que fazem referências a líder espiritual já preso por abuso sexual


NOTA À IMPRENSA: Em relação aos vídeos, que circula nas redes sociais, fazendo referência a líder espiritual, preso em Divinópolis dia 8 de março deste ano, a Polícia Civil de Minas Gerais esclarece que todos os procedimentos são adotados seguindo o sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente vítima ou testemunha de violência (Lei nº 13.431, de 4 de abril de 2017), entre eles o depoimento especial, primando pela não revitimização de vítimas de violência sexual.

A PCMG informa que, em parceria com Médicos-Legistas da PCMG e a equipe do Complexo de Saúde São João de Deus, a Delegacia Especializada de Orientação e Proteção à Família, em Divinópolis, possui protocolos com equipe multidisciplinar para atendimento de vítimas de violência sexual e atua, em espaço específico e equipe técnica, voltada à saúde física e mental de ofendidos.

A PCMG esclarece, por fim, que o ato de produzir e divulgar vídeos, artes ou mensagens, por mais que ainda não incidam em atos delituosos, é ponto de atenção da PCMG e se alguém se sentir ofendido acione uma unidade policial mais próxima para adoção de providências cabíveis.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1  +  5  =