Forçada por decisão judicial Prefeitura de Divinópolis emite nova Nota Explicativa sobre segmentos que podem funcionar, e seus respectivos horários


Em uma nova Nota Explicativa, a Prefeitura de Divinópolis considerando a decisão judicial de uma Ação Civil Pública (ACP) em que o Juiz Ather Aguiar, da Vara de Fazenda Pública e Autarquia  suspendeu liminarmente a Nota Explicativa anterior relativa ao decreto 14.298 em que as atividades comerciais, industriais e serviços, entre outras, eram mais permissivas do que a Onda Roxa do Programa Minas Consciente, esclarece os horários que determinados segmentos podem funcionar.

3 comentários em “Forçada por decisão judicial Prefeitura de Divinópolis emite nova Nota Explicativa sobre segmentos que podem funcionar, e seus respectivos horários

  • 19 de abril de 2021 em 08:08
    Permalink

    Meu voto neste tal tal de Gleidson foi jogado no lixo. Nada como pessoas mais experientes para ocupar cargo tão importante onde milhões mais outras responsabilidade ficam em maos que não podem ser erradas. Nada é brincadeira tudo muito sério.

    Resposta
  • 17 de abril de 2021 em 14:58
    Permalink

    Aonde? Tudo aberto, mas como o Ministério Público disse, que a multa é de 50.000,00 por dia, mas prá prefeitura pagar. Ou seja, o cidadão que paga impostos. Tem que mandar a conta é no CPF do Gleidson Azevedo. Eita cidadezinha .

    Resposta
  • 17 de abril de 2021 em 07:52
    Permalink

    O comercio está fechado atraves de um Lockdown totalmente desnecessario, mal organizado e de muito pouco resultado. As pessoas continuam se aglomerando em festas sitios e casas na barragem.O que noso governador deveria ter feito é usar os milhoes de reais que recebeu para a COVID e construir hospitais de campanha. Mas na contra mão da saude ele usou estes recurssos para cobrir o rombo deixado pelo governador anterior. Agoa quero ver ele se explicar para a CPI.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2  +  1  =