NÚMERO FÚNEBRE INÉDITO é alcançado em Divinópolis no registro do 50º óbito em consequência da doença Covid-19


A Secretaria de Saúde do Município de Divinópolis, ainda na parte da manhã desta segunda-feira (21), informou a segunda morte do dia, e a 50ª no computo geral no município. Nas primeiras horas da manhã já havia informado a morte de uma mulher de 58 anos. Desta vez foi de um homem de 69 anos que estava internado no Hospital São João de Deus. No dia 9 deste mês ele fez o exame, tentando positivo, três dias depois, no dia 12 foi encaminhado para UTI e morreu hoje, segunda (21) – A tendência, temem os técnicos é que diante da reabertura quase que total da economia, o número de mortes aumente de forma considerável, principalmente se ocorrer a flexibilização da volta ás aulas. O resultado, não só em Divinópolis, mas no Estado e no Brasil, é que a partir do final de outubro, novembro a situação piore tanto que o país possa até mesmo entrar em lockdown como está ocorrendo atualmente com a França e alguns países da Europa estão vendo os casos aumentarem muito.