Vigilância Sanitária da Prefeitura de Divinópolis diz que vai intensificar fiscalização em bares da cidade


Como o município aderiu ao Minas Consciente e com isso foi adequado no Onda Amarela, que permite a abertura de bares, restaurantes, lanchonetes e “afins. Contudo, seguindo protocolo que no último fim de semana passou longe. Com alguns bares provocando aglomerações que só serão sentidas seus reflexos a partir do 5º dia, se houver contágio. A Prefeitura de Divinópolis através da Vigilância Sanitária diz que vai fiscalizar para que as normas sejam seguidas, como o distanciamento de 2 metros entre as mesas, priorizando a utilização pela mesma família; que os clientes permaneçam sentados e a constante higienização do local quando as mesas foram desocupadas para serem ocupadas por outras pessoas.  

Em caso de descumprimento, o infrator poderá ser penalizado com advertência, multa de um a dez UPFMDs (R$ 79,95 cada), interdição, cassação do alvará ou fechamento compulsório do estabelecimento pelas autoridades competentes.

De acordo com informações de Janice Soares, Diretora da Vigilância em Saúde, as medidas devem ser cumpridas com rigor. E que para denunciar os descumprimento dos Decretos Municipais, o cidadão poderá abrir chamado pelo AppDivinópolis, selecionando a opção “Coronavírus”.

O Divinews tanto na última sexta-feira (07), quando no sábado recebeu uma serie de denúncias de bares lotados, em vários pontos da cidade. Contudo, todas as reclamações foram à noite, horário que dificilmente existe qualquer tipo de fiscalização.

 

Imagem ilustrativa

 

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!