Vídeo de Print Junior (PSDB) em adesão de Divinópolis ao Minas Consciente, vira Fake News


O vereador Eduardo Print Junior, mais uma vez (a outra foi com os camelôs), ao tentar defender com veemência uma categoria, no caso os empresários e a abertura quase que total de todos os segmentos econômicos, imaginando que o município ao aderir ao Programa do Governo do Estado, “Minas Consciente”  a cidade estaria enquadrada na ONDA VERDE. Abruptamente e intempestivamente, segundo os seus pares na Câmara de Divinópolis que não estão gostando nem um pouco do quanto ele “está sendo trator” como líder do Governo do Governo Galileu, após seu fala na tribuna do mesmo assunto, gravou um vídeo quase didático, mas com conteúdo falso, explicando que a partir desta quinta-feira (06), o município na onda verde poderia liberar os “bares, restaurantes com entretenimento, casas de shows, recreação, lazer, clubes sociais e as atividades esportivas, tipo futebol”.

Eufórico o vereador empresários da área de entretenimento, afirmou que “a partir de agora todos esses setores estão liberados na onda verde”

Também equivocadamente o edil diz que “a responsabilidade a partir de então, ela muda de lado, passa a ser sua, empreendedor que vai reabrir o seu negócio que vai vender sua cerveja nos bares, que vai fazer os seus torneios, seus eventos esportivos. Por que a partir de agora, você tem que coisa para que o vírus não se propague, cuidar para que a taxa de transmissão não suba, e a gente tenha que regressar a ONDA AMARELA”.

Print, professoralmente continuou a sua explicação dizendo que o Governo do Estado criou três ondas: “os serviços essenciais na ONDA VERMELHA, comércio varejista na ONDA AMARELA e o VERDE que libera praticamente todos os setores”

E logo entrou na seara que ele mais gosta a liberação geral que inclui o setor em que ele atua, o entretenimento como shows e boates: “Lembrando que os eventos esportivos, culturais, teatro, cinema, eventos, casas de shows, entretenimentos. São permitidos a reabertura com até 30 pessoas. Se você vai fazer uma festa familiar, até 30 pessoas está liberado. Passou deste limite o Governo do Estado não permite que você faça aglomeração de grande porte”

O fato é que após a publicação deste vídeo do vereador, houve uma onda generalizada na cidade de que praticamente acabou todo e qualquer controle da pandemia na cidade. Os jovens começaram a compartilhar em um discurso de “liberou geral”.

O que o vereador não esperava, e tanto ele, quanto a secretária que deu a ideia de ele gravar o vídeo, é que Divinópolis ao aderir o Minas Consciente não entraria imediatamente na ONDA VERDE, pois segundo o secretário adjunto de saúde, a normativa do Programa é outra.

 

 

 

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!