Belo Horizonte confirma primeiro caso de coronavirus; Zema está em isolamento após contato com paciente


Uma mulher de 34 anos é a primeira pessoa confirmada para o coronavírus (Covid-19) em Belo Horizonte. Além dela, um segundo homem testou positivo para a doença em Juiz de Fora, na Zona da Mata, nesta segunda-feira (16). Em ambos os casos, seguem indefinidas as origens do contágio. Ao todo, Minas já soma seis casos comprovados e 420 sob suspeita. Outros 85 foram descartados.

Além disso, o Secretário Geral do Estado, Matheus Simões, informou que o governador de Minas, Romeu Zema (Novo), está em isolamento domiciliar nesta segunda após contato com paciente que teve o diagnóstico para coronavírus confirmado. De acordo com Simões, o chefe do Executivo estadual fará o exame nas próximas horas. Zema esteve em contato com uma pessoa que testou positivo para a doença.

Os dados são do mais recente boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Conforme a SES, o primeiro caso oficialmente confirmado em BH é de uma mulher de 34 anos, sobre a qual ocorre investigação de histórico de viagem para o exterior. O mesmo ocorre com o segundo novo caso, que é de um homem de 30 anos de Juiz de Fora.

Veja os outros casos que já estavam confirmados desde o último boletim, divulgado no sábado:

  • Divinópolis, no Centro-Oeste: mulher, de 47 anos, com histórico de viagem pela Itália;
  • Ipatinga, no Vale do Aço: mulher, de 38 anos, com histórico de viagem para Israel;
  • Juiz de Fora, na Zona da Mata: homem, de 65 anos, com histórico de viagem para os Estados Unidos;
  • Patrocínio, no Alto Paranaíba: mulher, de 37 anos, com histórico de viagem pela Itália.

Casos no Estado

Até o momento, Minas tem 511 casos notificados de infecção humana pela Covid-19, entre confirmados, suspeitos e descartados. Nesta segunda, o número de cidades com casos em investigação no Estado subiu: eram 62 no sábado e agora são 74. Os municípios com mais casos suspeitos  têm se mantido ao longo dos dias. BH lidera, com 153 casos. Veja:

  • Belo Horizonte, com 153 casos suspeitos;
  • Uberlândia (Triângulo Mineiro), com 28 casos suspeitos;
  • Contagem (Região Metropolitana de BH), com 24 casos suspeitos;
  • Nova Lima (Grande BH), com 14 casos suspeitos;
  • Juiz de Fora (Zona da Mata), com 11 casos suspeitos.

De acordo com o boletim mais atualizado, divulgado às 15h50 desta segunda-feira (16) pelo Ministério da Saúde, o Brasil tem 234 casos confirmados. Outros 2.064 estão em investigação e 1.624 foram excluídos. São Paulo está na frente, com 152 confirmações, seguido pelo Rio de Janeiro, com 31 casos atestados.

EM CONSEQUÊNCIA DO PERÍODO ELEITORAL OS COMENTÁRIOS ESTÃO SUSPENSOS

PODCAST: escuta essa!!