Carlos Viana autor da emenda de R$ 1,5 milhões para Divinópolis, diz que município fez cadastro para receber usina de asfalto; Prefeitura nega cadastramento


O senador Carlos Viana, afirmou que o objetivo do seu vídeo era se manifestar em relação ao dinheiro que enviou para que a cidade pudesse tapar os buracos existentes na cidade. Carlos explicou que no ano passado por pedido do deputado Cleitinho Azevedo, muito preocupado com a cidade nós encaminhamos ao Ministério do Desenvolvimento Regional o pedido de R$ 1,5 milhão para a cidade. A proposta foi empenhada, e a prefeitura cadastrou no banco de dados o interesse dela em receber o dinheiro” – A seguir o senador mostrando um documento afirmou: “O cadastro está aqui, aquisição de equipamento para o município de Divinópolis, usina de asfalto, rolo compactador e acabadora. Foi isso que a prefeitura escreveu lá no site do Ministério do Desenvolvimento Regional”

O senador então explicou por que razão não é possível modificar o objeto do convênio. “Acontece que pela lei quando você especifica o objeto, aquele que vai ser comprado, como você vai usar o dinheiro, você não pode mudar mais. Já estamos em 2020. O orçamento votado no ano passado não pode mudar mais, já está em curso”

Carlos Viana informou que se a prefeitura não aceitar comprar a usina de asfalto o dinheiro será devolvido. E que ele poderá ajudar a cidade novamente mas somente para o orçamento de 2021.

Ocorre que, segundo informações da Prefeitura, o cadastramento para a aquisição da usina não teria sido feito por nenhum membro do Executivo. Pois seria incoerente fazer tal cadastro, pois desde o início, em consequência da super produção da usina, eles não concordavam com o objeto, queriam sim eram outros equipamentos, logo não realizaram o cadastro para a aquisição da usina, como afirma o senador Carlos Viana.

 

3 comentários em “Carlos Viana autor da emenda de R$ 1,5 milhões para Divinópolis, diz que município fez cadastro para receber usina de asfalto; Prefeitura nega cadastramento

  • 19 de fevereiro de 2020 em 09:12
    Permalink

    Como sempre ocorre a “politicagem de coronéis”. Administradores do dinheiro público, vamos deixar de picuinhas e cuidar das cidades.
    Por que a cidade não comporta uma usina de asfalto?
    … os buracos continuam… ” e a administração aí na praça, dando milho aos pombos”

    Resposta
  • 19 de fevereiro de 2020 em 08:39
    Permalink

    Agora ninguém fez cadastro, todo mundo some, famosa politicagem. Galileu, sua hora ta chegando. Não vai se reeleger. Boquinha já era. Se a usina é demais pra nossa cidade, o excedente não pode ser vendido? Elefante branco, seu prefeito, é continuar comprando asfalto de sei lá quem, por sei lá quanto. Tem membro do executivo ganhando com isso e não quer largar.

    Resposta
  • 19 de fevereiro de 2020 em 05:32
    Permalink

    esse ai esta dando risada por não ter dado certo DEMAGOGO

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODCAST: escuta essa!!