Grupo Gestor vai à Cidade Administrativa reivindicar reposição dos quadros da Policia Civil em Divinópolis


Alexandra Galvão, presidente da CDL e também do Grupo Gestor, formado pela união de várias entidades de classe de Divinópolis, na companhia de Léo Gabriel, presidente da ACID, esteve na Secretaria de Segurança Pública, em uma reunião que foi agendada pelo deputado estadual Cleitinho Azevedo, com Wagner Pinto de Souza, Chefe de Polícia Civil do Estado, com o objetivo de através de oficio, reivindicar a reposição dos quadros da Delegacia Regional de Policia Civil em Divinópolis –  Segundo o oficio, a Regional deveria ter 16 delegados, no entanto só existem 4. Por essa razão é reivindicado a reposição de no mínimo mais 8 Delegados; além de mais 25 investigadores e 12 escrivães – Diante da situação caótica que se encontra a Regional de Divinópolis, em número de policiais, o Chefe da DPCMG se comprometeu em atender as reivindicações – No encontro, esteve também presente a vereadora Janete Aparecida que faz parte da Comissão de Segurança Pública da Câmara de Divinópolis

Veja o Oficio do Grupo Gestor

 

Excelentíssimo  Senhor

Dr. WAGNER PINTO DE SOUZA

Chefe da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais.

Assunto: Delegados de Polícia Civil.

Senhor Chefe,

Divinópolis é uma cidade polo do Centro Oeste, que atualmente tem uma população de cerca de 235.000 habitantes.

Possui  ainda uma população flutuante de mais de 80.000 pessoas, principalmente estudantes e pessoas em tratamento médico.

Também está se preparando para se tornar um polo turístico religioso, com a construção da “Cruz de todos os Povos”.

É neste cenário que o “Grupo Gestor”, que congrega várias entidades de classe, está profundamente preocupado  com a situação da Delegacia Regional de Polícia Civil aqui instalada.

Esta Regional deveria ter um efetivo de 16 Delegados de Polícia, conforme estudos datados de 2009. Ocorre que, desde dezembro de 2017, vem perdendo efetivos sem reposição, e, atualmente chegou-se na situação calamitosa de apenas 04 Delegados .

Estes verdadeiros Guerreiros, ainda precisam substituir outras cidades como é o caso de Cláudio, uma vez que, como Regional, é responsável também pelas cidades de Itaúna, Cláudio, Itatiaiuçu, e Carmo do Cajuru, o que totaliza cerca de 600.000 habitantes para serem atendidos.

Pastas que exigem um Delegado com habilidades específicas, como é o caso da Delegacia da Mulher, da Criança e do Idoso também estão sem titulares.

Esta situação de extremo estresse profissional vem aumentando os índices de licenças médicas, principalmente as psiquiátricas. Prejudica ainda o policiamento ostensivo feito pela Polícia Militar, uma vez que precisam ficar por longas horas aguardando a lavratura dos flagrantes, entregas de ocorrências e atendimento a população.

E por estes fatores  Dr. Wagner que faz-se urgente um remanejamento destes efetivos, recompondo o quadro desta Delegacia Regional com, no mínimo, mais 8 Delegados de Polícia, 25 investigadores e 12 escrivães, única forma de diminuir este acervo de mais de 23.000 inquéritos que se encontram aguardando conclusão, sem falar nas demais rotinas típicas de  uma Regional.

Contamos com a sensibilidade e o comprometimento de Vossa Exa., com a nossa Divinópolis.

Certos de sermos  atendidos, aproveitamos a oportunidade para externar nossos votos de respeito e consideração.

Atenciosamente,

Grupo Gestor

CDL DIVINÓPOLIS

Acid

Sincondiv

Sinvesd

Sinduscon-CO

FIEMG regional centro oeste

OAB Divinopolis

Sebrae

OSB Divinopolis

CREA

CRECI

Sindimoveis

CAU

Sincomercio

Sindigusa

Sindicato Rural de Divinópolis

Clube de Engenharia de Divinópolis

 

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

26  +    =  35