Candidato da oposição à Presidência da FIEMG demonstra força na Região Centro-Oeste; com maioria dos votos


O empresário FLÁVIO ROSCOE, presidente do SINDIMALHAS (Sindicato das Indústrias Têxteis de Malhas no Estado de Minas Gerais), em disputa pela Presidência da FIEMG, contra o candidato da situação, Alberto Salum, esteve esta semana na Região Centro-Oeste e dos 8 (oito) sindicatos, 6 (seis) estão apoiando FLÁVIO ROSCOE, SinVesd (Sindicato das Industrias do Vestuário de Divinópolis), Sindigusa (Sindicato das Indústrias Siderúrgicas do Oeste de Minas), Sindimei (Sindicato Intermunicipal das Indústrias), Sindivest (Sindicato dos Representantes das Indústrias do Vestuário) e Sinduscon (Sindicato da Construção do Centro-Oeste)  – Alberto Salum é apoiado por Robson Andrade, presidente da CNI – Confederação Nacional da Indústria e o atual presidente da Federação, por dois mandatos consecutivos, Olavo Machado, todos ligados  ao tucanado mineiro, que tem como ícone maior o senador AÉCIO NEVES, e ainda abrigam em sua gestão, como consultor,  o ex-governador EDUARDO AZEREDO, acusado de ser o mentor do MENSALÃO TUCANO –  Esse mesmo grupo, dos setores, eletrônico, eletromecânica, está no comando da Federação, há mais de 12 anos. A fala uníssona entre os presidentes é a renovação de ideias, e a plataforma política de Flavio os contemplas, é ar novo para ser respirado, eles estão gostando do projeto que Roscoe tem apresentado para sua gestão.

 

5 comentários em “Candidato da oposição à Presidência da FIEMG demonstra força na Região Centro-Oeste; com maioria dos votos

  • 14 de novembro de 2017 em 01:03
    Permalink

    Que vergonha para a Fiemg colocar um regional como esse Afonso temos que renovar com certeza.

    Resposta
  • 8 de novembro de 2017 em 22:59
    Permalink

    Acho que reformar essa fiemg vai ser uma boa pra minas gerais , são um bando que já estão aí sugando a fiemg por vários anos inclusive esse Afonso que nunca fez nada pra Divinópolis .

    Resposta
  • 5 de novembro de 2017 em 15:28
    Permalink

    tem que tirar esse Afonso daí isso da um prejuízo enorme pra Divinopolis

    Resposta
  • 4 de novembro de 2017 em 11:01
    Permalink

    Com a Vitória da frente Fiemg 2018, a fiemg passará por um processo de Total reestruturação.
    o empreguismo ,nepotismo e quaisquer outros desvios serão abolidos da federação.
    a participação de todos e a valorização dos industriais inclusive os de pequeno porte que agora passarão a ter voz,irão marcar de forma definitiva a grande mudança pela qual o país está passando
    A partir da fiemg , Minas Gerais mais uma vez foi sairá frente na luta pela igualdade e pela liberdade.
    A presença do estado será marginal e a iniciativa privada será a condutora dos nossos destinos
    FIEMG CHAPA BRANCA NUNCA MAIS.

    Resposta
  • 4 de novembro de 2017 em 07:09
    Permalink

    excelente , precisamos de renovação e aqui em Divinópolis mesmo temos a prova disso ; o Marcelao está fazendo um brilhante trabalho a frente do síntese pra mim tinha que ganhar o prêmio do ano.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.