BRINQUEDO QUE INCITA VIOLÊNCIA PROIBIDO EM DIVINÓPOLIS: Câmara aprova projeto que proíbe vender réplicas de armas de fogo


O projeto que proíbe a fabricação, venda, comercialização e distribuição de armas de brinquedos, que se pareçam de fato com uma arma de fogo de verdade, que é de autoria da vereadora Janete Aparecida (PSD), para se tornar Lei, precisa ser sancionada pelo prefeito – A edil em sua justificativa para a criação do PL, se baseou na quantidade de assaltos que tem acontecido em Divinópolis com o uso de tais armas. Algumas delas são tão parecidas que chegam a confundir até policiais, que possuem experiência em identificar as diferenças –  Embora exista uma legislação federal, várias cidades do país já aprovaram projetos semelhantes. Porém a Lei Municipal não poderá se sobrepor à federal, em que as réplicas e os simulacros usados na instrução, adestramento ou armas de propriedade dos colecionadores autorizados pelo Exército continuam permitidas, assim como as armas de ar comprimido, e as que são usadas no jogo de paintball – Quem infringir a lei, após sancionada, poderá ser multado em R$ 1,7 mil real.

 

2 comentários em “BRINQUEDO QUE INCITA VIOLÊNCIA PROIBIDO EM DIVINÓPOLIS: Câmara aprova projeto que proíbe vender réplicas de armas de fogo

  • 9 de outubro de 2017 em 16:11
    Permalink

    Falta de serviço hem!!
    Que bosta!!

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.