Caixas de sabão em pó de falso “OMO” são apreendidas em fábrica clandestina em Oliveira-MG


Uma grande quantidade de sabão em pó embaladas em caixas simulando ser da marca “OMO” foram apreendidas pelo Policia Militar de Minas Gerais, nesta última quinta-feira (28) na cidade de Oliveira – Segundo informações da assessoria de Comunicação do órgão de segurança pública, a denúncia anônima fez com que uma guarnição de deslocasse para um galpão no Distrito Industrial da cidade e lá foram encontrados na manhã desta última quinta-feira (28), sete grandes sacos com sabão em pó, cada um pesando aproximadamente 700 kg, 960 caixas de sabão em pó já embaladas, totalizando 12.500 kg do produto. Também havia no local 66 fardos de embalagem do sabão em pó OMO, sendo que cada fardo possuía 200 unidades da embalagem.

Na fábrica clandestina um homem se apresentou como encarregado da linha de produção. Quando questionado confessou que não possuía autorização para o uso da marca de sabão, sendo a ação clandestina.Testemunhas afirmaram que a fábrica havia entrado em funcionamento há cerca de 10 dias, e que os funcionários manuseavam produtos químicos sem qualquer proteção.
Equipes de fiscais da Receita Estadual, Vigilância Sanitária Municipal e Perícia da Polícia Civil estiveram no local, constatando o crime. A indústria detentora da marca OMO também foi acionada.Todo o material, além de esteiras, balanças, equipamentos e maquinários, permaneceram no galpão, à disposição da autoridade de polícia. Um micro-ônibus que fazia o transporte dos funcionários, uma empilhadeira, uma caminhonete e uma motocicleta foram removidos para pátio de guincho credenciado.Um homem de 55 e outro de 56 anos foram conduzidos até a Delegacia e 23 pessoas que estavam presentes no local, foram arroladas no boletim de ocorrência.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  61  =  70