Tanqueiros de Minas decidem hoje (14) sobre paralisação, devido aumento de combustíveis


Os tanqueiros – profissionais que transportam combustíveis pelas estradas, podem optar por começarem uma paralisação a qualquer momento, segundo informações do Sindicato das Empresas Transportadoras de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Estado de Minas Gerais (Sinditanque/MG). A motivação da categoria é o último aumento no valor dos combustíveis, na última sexta-feira (11/03). O valor do diesel aumentou em 24,90%, da gasolina 18% e do gás de cozinha em 16% e devido ao reajuste anunciado pelo Petrobras, os motoristas decidem ainda nesta segunda (14/03) quais serão as medidas tomadas por eles. Em Divinópolis, alguns locais já cobram quase R$ 8,00 o litro.

 

Posto no Centro de Divinópolis já com aumento nos preços dos combustíveis

 

Na quinta-feira passada (10/03), durante a reunião parlamentar na Câmara Municipal, um dia antes do reajuste, o vereador Roger Viegas (REP) já trazia a tona que, alguns postos se anteciparam e subiram o valor por conta própria, sem informar os consumidores com antecedência. Por isso, servidores do Procon realizaram autuações nos estabelecimentos para fiscalizar os preços repassados na bomba.

Caso a categoria decida parar e ocorra uma manifestação ao estilo de 2018, na greve dos caminhoneiros, o Divinews pode voltar a qualquer momento com mais informações.

2 comentários em “Tanqueiros de Minas decidem hoje (14) sobre paralisação, devido aumento de combustíveis

  • 15 de março de 2022 em 12:57
    Permalink

    Se fosse a Dilma q estivesse no poder, e a gasolina estivesse próximo de 3,00, com certeza já teria greve. TNC

    Resposta
  • 14 de março de 2022 em 22:10
    Permalink

    Na época da Dilma gasolina 2,70 / 3,00 e fizeram greve.
    Agora, tá 8,00 e a culpa é dos prefeitos, governadores, covid, guerra, chapeuzinho vermelho, stf, etc etc

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  30  =  34