Prefeitura de Divinópolis “tira o corpo fora” de mais um problema que aflige população “cabos soltos”; Diz que responsabilidade é da CEMIG


A exemplo dos problemas que outras empresas concessionárias de serviços  criam para a população em Divinópolis, e o Poder Público, leia-se Prefeitura de Divinópolis sai do cenário e olha o problema na terceira pessoa, como se dele, ela não fizesse parte e o pior, não fosse a responsável direta pela qualidade da prestação de serviços – O fato é que, diante de dois acidentes que ocorreram nesta terça-feira (01) em consequência de fios soltos na via pública, um no Alto São Vicente e outro na Rua Castro Alves, a Prefeitura informou que a lei que foi criada pela então vereadora Janete Aparecida não está sendo cumprida.

Diz ainda o comunicado da Prefeitura que o  objetivo da lei é fazer com que prestadores de serviços de energia, telefonia, TV e internet, dentre outros, façam reparos, trocas, e substituições de cabos danificados para evitar acidentes.

A Prefeitura esclareceu também  que fiscalizar, regulamentar, alinhar e retirar dos postes os fios e cabos inutilizados é obrigação da concessionária e das demais empresas que utilizam os postes como suporte para cabeamentos.

Para fazer valer a Lei nº 8493/2018, o município, por várias vezes tentou conversar, se reunir, com as empresas, pois as mesmas não estão arcando com o dever, mas não teve nenhum tipo de resposta para solucionar o problema. Portanto, a Prefeitura de Divinópolis informa que entrará com uma representação no Ministério Público para que sejam tomadas todas as providências cabíveis, uma vez que este fato coloca em risco a vida de todos os munícipes.

A Prefeitura de Divinópolis, por meio de uma equipe da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Segurança Pública (Settrans), ressalta que a RESPONSABILIDADE PELA FISCALIZAÇÃO RELACIONADA A FICAÇÃO EM POSTES É DA CEMIG.

Por fim diz que em casos emergenciais que necessitem de sinalização ou intervenção rápida, a Secretaria de Transito pode ser acionada.

 

13 comentários em “Prefeitura de Divinópolis “tira o corpo fora” de mais um problema que aflige população “cabos soltos”; Diz que responsabilidade é da CEMIG

  • 3 de fevereiro de 2022 em 20:28
    Permalink

    Jornalzinho de bosta esse
    Divi lixo

    Resposta
  • 3 de fevereiro de 2022 em 17:55
    Permalink

    vou fazer uma pergunta aqui
    os postes são da Cemig , que tem o povo mineiro como sócio (setor público)
    as empresas que usam estes postes pagam aluguel por usa-las ?
    se pagam este percentual é dado como desconto na conta do povo (que é seu sócio) ?
    são várias empresas de internet e tv a cabo principalmente usando .

    Resposta
  • 3 de fevereiro de 2022 em 14:16
    Permalink

    A culpa deve ser da copasa
    Agora prefeito

    Resposta
  • 3 de fevereiro de 2022 em 09:22
    Permalink

    sem querer defender prefeito ou quem quer que seja :
    O que mais a prefeitura pode fazer senão acionar o ministério público para responsabilizar as empresas ? disponibilizar a setrans para sinalização .
    Que se cumpra a lei .

    Resposta
    • 4 de fevereiro de 2022 em 10:51
      Permalink

      Exatamente.
      Ninguém pode mexer. O que o Exetutivo pode fazer, é, caso não haja consenso, entrar com uma ação pública contra os prestadores de serviço.
      Não defendo ninguém, mas estou achando essa e outras “reportagens” bem tendenciosas.

      Resposta
  • 3 de fevereiro de 2022 em 09:17
    Permalink

    Vivemos em um país onde a vida não tem valor principalmente a humana.
    Cadê nosso deputado cleitinho que só sabe denunciar a copasa e defeito de outras cidades . A nossa divinopolis agora ficou perfeita não tem problema mais kkk.

    Resposta
  • 3 de fevereiro de 2022 em 08:44
    Permalink

    Não concordo com esses comentários, exceto o de apoio a Bolsonaro, o qual eu detesto. Essas cobranças deveriam ter sido feitas nas gestões anteriores. Se eles tivessem a criatividade e feito as várias parcerias com as empresas para a reconstrução do município, Divinópolis não estaria com hoje. Foram 20 anos de abandono e um contrato sem vergonha do Wladimir com a Copasa. Tenho certeza que tudo vai mudar. Reportagem muito tendenciosa essa. Acabou a mamata pra vocês da divnrwd né?

    Resposta
  • 2 de fevereiro de 2022 em 21:29
    Permalink

    Esperar o que de um apoiador de Bolsonaro!

    Resposta
    • 3 de fevereiro de 2022 em 08:49
      Permalink

      Esperar o que de apoiador de ladrão?
      Lula roubou e deixou roubar. Quem não boa em Bolsonaro, tem opções como Moro, nunca no líder do esquema de corrupção.

      Resposta
  • 2 de fevereiro de 2022 em 20:25
    Permalink

    Tantas empresas de tv a cabo..net..telefonia..tem de verifixar a responsabilidade..fazer um bo e contactar a empresa. Nenm sempre eh a CEMIG Prefeito devia atuar e se informar melhor..PapagIo ai so fala e nada faz.daqui a pouco o irnao estara usano isto pra prooaganda..

    Resposta
  • 2 de fevereiro de 2022 em 19:50
    Permalink

    Kkkkk 6 anos cleitinho deputado 1 ano irmao vereador 1 ano irmao prefeito quando ira assurmir os problemas entao pq tudo de incompetecia São os outros kkk ta d mais

    Resposta
    • 4 de fevereiro de 2022 em 09:43
      Permalink

      Concordo com vc Júlio César.

      Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

6  +  1  =