Gleidson Azevedo é humilhado em votação para presidente do CIAS; Entre 18 prefeitos eleitores, ele obteve só dois votos, o dele e mais um; Prefeito de Samonte foi eleito com 16


Na Assembleia do CIAS (Consórcio Intermunicipal de Aterro Sanitário do Centro-Oeste Mineiro), realizada na última sexta-feira (28), na cidade de Pitangui, dos 35 municípios que o compõe compareceram 18 prefeitos para eleger o próximo presidente – O prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo, a exemplo do que já fez em outras duas eleições, a de presidente do CISVI (Consorcio Intermunicipal de Saúde da Região do Vale do Itapecerica) e de presidente da AMVI (Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Itapecerica), amargou pela terceira vez uma derrota em eleições para presidente de consórcios de municípios. Gleidson foi vergonhosamente humilhado pelo placar de 16 votos a favor do prefeito de Santo Antônio do Monte, Léo Camilo, e ele obteve apenas dois, o dele próprio e da prefeita de Pitangui, Maria Lúcia Cardoso, que segundo informações de fonte, “teve pena dele”.

As sucessivas derrotas de Gleidson Azevedo, somada a essa acachapante de 16 x 2 na Assembleia da CIAS, demonstra explicitamente a rejeição que o sobrenome Azevedo tem entre os prefeitos do Estado. Com já dito pelo Divinews, por ter ouvido tal afirmativa de diversos políticos em vários âmbitos, as ações midiáticas travestidas de fiscalizações do deputado Cleitinho Azevedo em diversos municípios mineiros, e mesmo do Governo de Minas, cria mais dificuldades para Divinópolis, do que benefícios que poderiam ser carreado para a cidade. “Os Azevedo tem desenvolvido é ranço, e criado dificuldades para o município”, disse um dos deputados que está na lista de transmissão do site”.

Divinópolis a cada dia perde o protagonismo que sempre exerceu na região, como cidade polo que sempre foi. O município tem se tornado motivo de chacotas e piadas em diversas rodas políticas e empresariais.

Fazem parte do Consórcio Intermunicipal de Aterro Sanitário do Centro-Oeste Mineiro, popularmente conhecido como “Consórcio do Lixo”, as cidades de Abaeté, Araújos, Bambuí, Biquinhas, Bom Despacho, Cedro do Abaeté, Conceição do Pará, Divinópolis, Córrego Danta, Dores do Indaiá, Igaratinga, Leandro Ferreira, Maravilhas, Luz, Martinho Campos, Medeiros, Moema, Morada Nova de Minas, Nova Serrana, Onça de Pitangui, Paineiras, Papagaios, Pedra do Indaiá, Perdigão, Pequi, Pitangui, Pompéu, Quartel Geral, São Gonçalo do Pará, São José da Varginha, São Sebastião do Oeste, Sabti Antônio do Monte, Serra da Saudade e Tapiraí.

O Divinews atualizará em breve a matéria, dando nome aos outros 15 prefeitos que compareceram na votação, além é claro, de Gleidson Azevedo (Divinópolis), o foi derrotado, Léo Camilo (Samonte), eleito presidente, e Maria Lúcia Cardoso (Pitangui), dona do voto de gentileza em Gleidson, e de empatia com o próximo.

A votação foi aberta, por “pressão” do próprio candidato derrotado, Gleidson Azevedo, os demais prefeitos queriam votação fechada, ele insistiu que fosse nominal. Há quem avalie que sua insistência em ser aberta o favoreceria. Contudo, os prefeitos mantiveram seus votos.

 

26 comentários em “Gleidson Azevedo é humilhado em votação para presidente do CIAS; Entre 18 prefeitos eleitores, ele obteve só dois votos, o dele e mais um; Prefeito de Samonte foi eleito com 16

  • 2 de fevereiro de 2022 em 11:08
    Permalink

    Claro que foi derrotado, esses consórcios em sua maioria (cis urg, cisvi, etc) são cabides de empregos de deputados e prefeitos da região e se ele pega, a mamata acaba . Procurem saber quantos ex vereadores que perderam eleições estão ocupando cargos nessas respeitadas instituições e depois a gente conversa

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2022 em 09:05
    Permalink

    Nossa quanta ira, tem pessoas q saboreiam as derrotas alheias. Se o prefeito de Divinópolis foi vencido é normal. Vamos parabenizar o eleito e que ele tenha competência para honrar os votos da maioria. Parece um monte de invejosos q torcem para a desgraça alheia em vez de pregar a paz e harmonia querem a desordem e a tristeza.

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2022 em 08:14
    Permalink

    Tem que ser muito imbecil, estúpido e babaca pra votar nesses Azevedos.

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 20:08
    Permalink

    Que papo furado, heim?
    Afinal, quem era o presidente anterior e não foi reeleito? Não foi pior?
    Não se perdeu nada com isto. Apenas ganhou , pois, demonstrou q Divinópolis precisa deixar de querer defender estas outras prefeituras e ser mais rígida com os interesses nossos.

    Esquenta não prefeito. Vc não foi eleito para ser apoiado por demais prefeituras …

    Continue o bom trabalho, e não esqueça, q virão muitos militantes da mídia e da ralé para querer desqualificar sua gestão. Continue defendendo seu povo, todos, e enfrentando está mídia militante rancorosa…

    Resposta
    • 31 de janeiro de 2022 em 07:30
      Permalink

      Se não me falha a memória o presidente anterior era o Prefeito de Perdigão Gilmar Teodoro que faleceu em julho de 2021.

      Resposta
    • 31 de janeiro de 2022 em 09:53
      Permalink

      Já não basta passar pano pro Bozo tem também que passar pro prefeito TAMO JUNTO

      Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 15:57
    Permalink

    Carmo do Cajuru não está no consorcio?

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 11:52
    Permalink

    MEDALHA DE OURO PARA OS AZEVEDO
    É DESSE JEITO , BEM MERECIDO O VOTO DELE E OUTRO . AINDA TEM GENTE QUE APOIA ESTA CORJA .
    VAMOS VIRALIZAR ESTA NOTÍCIA..
    TAMOS JUNTOS KKKĶKKKK

    Resposta
    • 30 de janeiro de 2022 em 13:42
      Permalink

      Esses Azevedo são uns bolsobosta. Merecem o desprezo. Asco desse idiota grosseiro.

      Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 11:14
    Permalink

    Ele tava contando com os 30% dos votos kkkkkkkkkk

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 09:41
    Permalink

    Jornalismo ridículo, editor ridículo….. vergonhoso

    Resposta
    • 30 de janeiro de 2022 em 12:57
      Permalink

      Cada prefeito tem o jornalismo que merece, esse nem merecia. “Irmão do Cleitinho”

      Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 09:03
    Permalink

    o inicio do fim começa assim j dsse varias vezes divinopolis esta isolada politicamente

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 08:36
    Permalink

    Esse Cleitinho está para Minas como o bolsonaro está para o mundo!

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 07:39
    Permalink

    Que vergonha. Ponto pro prefeito cabeça de repolho

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 06:40
    Permalink

    Até que enfim ainda temos poucas pessoas que têm consciência e discernimento, espero que nas eleições deste ano nossos amigos munícipes pensem bem na hora de votar, pode até ser que quatro anos passem rápido mas é muito tempo de sofrimento, angústia e dor no coração como o que Vem acontecendo com nossa cidade.

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 06:13
    Permalink

    Se Cleitinho anda incomoda do os prefeitos e porque há corrupção, parabéns deputado!

    Resposta
    • 30 de janeiro de 2022 em 21:12
      Permalink

      Mostra que o Cleitininho não tem moral com os prefeitos da região
      Kkkkk Zé cebolinha e cabeça de repolho

      Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 05:51
    Permalink

    Divinopolis, ainda nos próximos 3 anos, passará muita vergonha pela conduta inapropriada de seu representante do poder executivo municipal. Já virou referência em besteirol por toda parte do Estado. Em qual eleição composta por pessoas sérias, será escolhido um representante do tipo circense? Não tem nada haver com simplicidade e humildade, mas nao é viável para qualquer função de representabilidade, o tipo de pessoa fútil e arrogante por natureza….

    Resposta
  • 30 de janeiro de 2022 em 00:34
    Permalink

    Nunca senti tanta vergonha de ser divinopolitano igual estou sentindo com esse cara no governo. Não passo um dia sem receber piadinhas de amigos de outras cidades Brasil a fora nós meus 44 anos de trecho. O pior, é que tenho que ouvir e ficar quieto.infelismente eles só falam a verdade.LAMENTÁVEL.

    Resposta
  • 29 de janeiro de 2022 em 23:31
    Permalink

    gente, o que tem de tão assombroso ser derrotado em uma eleição???? Isso chama-se democracia.Lembrem-se disso.

    Resposta
    • 30 de janeiro de 2022 em 16:25
      Permalink

      Não.
      Ser derrotado em uma eleição desta natureza, sendo prefeito da maior cidade da região, significa falta de prestígio pessoal, falta de representatividade, falta de importância, falta de respeito e falta de peso político.Nada mais que isto.

      Resposta
  • 29 de janeiro de 2022 em 23:24
    Permalink

    Kkkkkkkk, qual significado desse cias pra Divinópolis,o prefeito com tanta coisa pra organizar aqui na cidade,coisas deixadas pelas administrações anteriores, tenho certeza que pra ele essa derrota não faz diferença. Vergonha é pra vcs desse jornaleco de quinta,passam vergonha não amigos. Kkkkkkkk

    Resposta
    • 30 de janeiro de 2022 em 13:25
      Permalink

      Tem que fazer muita coisa mesmo. Entrar dentro de buracos, dançar em público, e outras palhaçadas. Será que ele vai conseguir verbas com algum político a não ser com o ridículo do seu irmão… Estamos isolados, perdidos, três anos no esgoto… Que pena cara jovem tinha tudo para ser um bom prefeito. Mas tem muito que aprender…

      Resposta
    • 30 de janeiro de 2022 em 16:26
      Permalink

      Deve estar de brincadeira né não? Então porque foi candidato?

      Resposta
      • 31 de janeiro de 2022 em 09:10
        Permalink

        O povao realmente elege mas depois quer todo tipo de ajuda do municipio ai o eleito vai precizar ter bons tramites com o governador com os D estaduais e federais para trazer verbas para o nosso municipio. Se nao tem isso a cidade fica isolada de recursos. Parlamentates e e isso que acontece em divinopolis toda a força desse governo se firma nas costas do cleitinho o que e muito pouco

        Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2  +  3  =