Covid-19: “Conta” do réveillon chega e ocupação dos leitos em Divinópolis sobe para 47,5%


A Secretaria de Saúde de Divinópolis divulgou nesta terça-feira (11), os dados referentes às hospitalizações de pacientes com sintomas de Covid-19 no município. Segundo o Boletim Epidemiológico, atualmente, 19 pessoas estão internadas nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI), entre os 40 leitos disponíveis na cidade para pacientes com Covid-19, o que corresponde a 47,5%. No setor de enfermaria, a taxa é de 65,1%, com 28 leitos ocupados entre os 43 totais do município. Estes números eram muito menores na última semana e ao que tudo indica, o aumento de internações se deve as reuniões famialiares e entre amigos, durante as festas de fim de ano, e a virada no réveillon. No dia 03 de janeiro deste ano – há oito dias, a taxa de ocupação dos leitos na enfermaria era de 44,2%, ao passo que nos CTI’s, tinha-se 30% das vagas ocupadas.

Segundo a equipe de saúde, nas Unidades de Terapia Intensiva, apenas o Complexo de Saúde São João de Deus registra casos de Covid-19 em suas UTIs, sendo seis pacientes no CTI adulto e cinco no CTI infantil da área atendida pelo SUS, além de dois pacientes no CTI adulto da área suplementar. No Hospital Santa Mônica, foram registrados três casos, sendo dois no CTI adulto e um no CTI infantil. No Hospital São Judas Tadeu, a dois casos de covid-19. O Hospital Santa Lúcia, há registro de uma internação por Covid-19 em cada hospital neste setor.

Ainda conforme o informativo atualizado, na enfermaria, o Complexo de Saúde São João de Deus, registrou 14 pacientes internados na área atendida pelo SUS e três pacientes na área suplementar. O Hospital Santa Lúcia possui seis casos de Covid-19 internados em enfermaria. O Hospital Santa Mônica, possui cinco pacientes internados. O Hospital São Judas Tadeu, não registra internações neste setor.

Um comentário em “Covid-19: “Conta” do réveillon chega e ocupação dos leitos em Divinópolis sobe para 47,5%

  • 12 de janeiro de 2022 em 11:09
    Permalink

    Na sede administrativa da prefeitura tem vários servidores com covid e não estão tomando nenhuma atitude para resguardar a saúde dos servidores. Lamentável.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

89  −    =  82

PODCAST: escuta essa!!