Irresponsabilidade: Cerca de 15 mil divinopolitanos estão com doses da vacina atrasadas


A Secretaria de Saúde de Divinópolis está realizando um novo chamado para vacinação contra a covid-19 para as pessoas que ainda não se vacinaram, ou que estão com a segunda dose ou dose de reforço em atraso. Segundo levantamento de dados da equipe de imunização, mais de 15.000 divinopolitanos estão atrasados para se vacinar. As pessoas que ainda não se vacinaram com a primeira dose ou que estão com a dose de reforço em atraso ou que querem antecipar sua segunda dose de Pfizer devem se cadastrar no site da Prefeitura e ou no APP Divinópolis – Opção Vacinação Covid-19. A vacinação está sendo realizada no drive thru do Centro Administrativo, de segunda a sexta-feira de 8h às 16h. O imunizante disponível é o Pfizer.

Todas as pessoas com segunda dose em atraso da vacina Pfizer devem se dirigir ao drive thru do Centro Administrativo, de hoje (30) até sexta feira (03) de 8h às 16h. Aquelas pessoas com segunda dose em atraso da vacina Astrazeneca ou Coronavac devem procurar o drive thru do Centro Administrativo, nesta sexta-feira (03/12), de 8h às 16h. Não é necessário fazer cadastro.

Em Divinópolis, até ontem (29), estão em atraso: 3.720 pessoas que tem que receber a segunda dose da Astrazeneca, 3.267 que precisam da Coronavac e mais 7.913 pessoas que precisam da Pfizer para completar sua imunização.

Para tomar a dose de reforço, é necessário ter no mínimo 150 dias da segunda dose, portanto, para se cadastrar hoje, a pessoa deve ter tomado sua segunda dose até dia 04 de julho de 2021. Em Divinópolis, até ontem (29), 12.663 pessoas já estão aptos e devem se cadastrar para tomar a dose de reforço para completar sua imunização.

O cadastro para adiantamento da segunda dose está aberto para aquelas pessoas que estão agendadas para tomar a segunda dose até dia 16 de dezembro de 2021.

Para ter a imunização completa, é essencial que a pessoa receba a segunda dose e a dose de reforço. Sem completar a imunização a pessoa está ainda mais vulnerável ao coronavírus e suas variantes. Somente a ampliação da vacinação e a continuação das medidas preventivas como uso frequente de máscaras, higienização das mãos e álcool em gel, pode ajudar que a retomada das atividades da sociedade continue em processo de retorno à normalidade.

Todas as pessoas que forem de imunizar devem levar documento de identidade com foto, carteirinha do SUS, cartão da unidade de saúde, caderneta de vacinação e comprovante de endereço. A falta de qualquer um destes documentos impossibilitará a vacinação. Para adolescentes é essencial a presença de um adulto acompanhando para que a vacinação possa ser realizada.

É fundamental seguir rigorosamente o horário de vacinação, que é informado no comprovante de cadastramento, para evitar filas e aglomerações.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  81  =  90