É Escândalo em Divinópolis: Moradora denuncia conhecida advogada proprietária de casa no Copacabana, que lhe cobra aluguel e faz ameaças (vídeo)


A reportagem do Divinews no último domingo (10), ao realizar a matéria sobre as ocupações das casas do Conjunto Residencial Copacabana e a instauração de uma ACP do MPF contra a Caixa após levantamento feito pela Secretaria Municipal de Ação Social, tomou conhecimento de inúmeras irregularidades de pessoas que não poderiam ter sido sorteada dentro do critério social do Programa Minha Casa Minha Vida, se deparou com um caso inusitado, por não dizer suposto crime de falsidade ideológica, quando uma moradora (Bianca) denunciou que a advogada Graziele Batista de Oliveira era proprietária da casa em que ela estava morando, e pagando o aluguel de R$ 200 reais por mês – De acordo com relato da moradora, que tem dois filhos pequenos e no momento da entrevista estava com um deles no colo, tal advogada após ter sido contemplada em sorteio em 2012, logo a seguir, dois anos após, em 2014  teria viajado para a Itália em um cruzeiro. E ainda que, em outra ocasião em que a moradora atrasou o aluguel ela teria sido ameaçada pela mesma advogada de que mandaria seus clientes que usam tornozeleira a dar um jeito nela, dando o prazo de quatro meses para que ela deixasse o imóvel, e como retaliação mandou corta a água e a energia do imóvel.

Uma amiga da moradora, Marilene Cristina, contou que mora no conjunto residencial Copacabana tem oito anos, e nunca viu a advogada proprietária no bairro, e lamentou que isso estivesse acontecendo por que a moradora tem filhos pequenos para criar. E o que a Bianca quer, é ter um teto para ela e seus filhos, pagando o valor referente ao programa social, que não ultrapassa R$ 50 reais por mes.

O Divinews ao entrar em contato com a advogada e indagar sobre o caso. Inicialmente ela desconversou de que não sabia do que se tratava, e se prontificou a ter uma conversa pessoal. Quando questionada sobre a posse da casa no Conjunto Residencial Copacabana, ela desligou o telefone, e a reportagem do Divinews não conseguiu mais contato com ela.

A Ordem dos Advogados do Brasil, subseção Divinópolis confirmou que de fato ela estava inscrita e bastante conhecida no meio jurídico.

Outros relatos de irregularidades foram feitos ao Divinews, entre eles estão de pessoas que utilizam as residencias como “sitio” de lazer em fins de semana, mas não moram lá. E outros que possuem casas em dois residenciais simultaneamente, como exemplo, possuem no Copacabana e ao mesmo tempo no Elizabeth Nogueira.

O Divinews teve acesso, fornecido pela própria moradora, ao recibo de aluguel que ela pagou referente a quatro meses. Contudo, sem a especificação dos meses. Mas com uma suposta rublica da advogada Graziele Batista de Oliveira, que tem o seu nome na lista de processos.

8 comentários em “É Escândalo em Divinópolis: Moradora denuncia conhecida advogada proprietária de casa no Copacabana, que lhe cobra aluguel e faz ameaças (vídeo)

  • 17 de outubro de 2021 em 06:05
    Permalink

    Acabaram com o Procon de Divinópolis colocando uma protegida do prefeito que sempre causa assédio moral aos servidores e não trabalha. Infelizmente estamos abandonados nessa cidade. Cadê os vereadores e o MP para acabar com essa lamentável situação.

    Resposta
  • 16 de outubro de 2021 em 23:30
    Permalink

    E aí eu te pergunto, vai dar em alguma coisa? Nada nada nada

    Resposta
  • 16 de outubro de 2021 em 11:07
    Permalink

    Essa Janete é uma cobra venenosa, nunca preocupou com a população, só olha pro próprio umbigo. É só lembrar da vacinação do irmão dela, fato esse que ninguém lembra mais. Isso é a nova política

    Resposta
  • 15 de outubro de 2021 em 18:51
    Permalink

    Fora cleydson fora janete enganadores do povao

    Resposta
  • 15 de outubro de 2021 em 18:38
    Permalink

    Muitas situações serão agora ventiladas, nada fica escondido né Janete

    Resposta
  • 15 de outubro de 2021 em 18:36
    Permalink

    E aí Janete é verdade ou mentira?

    Resposta
  • 15 de outubro de 2021 em 16:06
    Permalink

    É a “lei de Gerson” na prática.

    Resposta
  • 15 de outubro de 2021 em 15:56
    Permalink

    Candidata a vereadora na chapa da Janete na penúltima eleição com apenas 5 votos, apenas pra compor a chama de vereadores, ganhou duas casas, uma pra ela e outra pra mãe e alugaram as residências!!! Janete tinha conhecimento pois eram vizinhas….

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

6  +  2  =  

PODCAST: escuta essa!!