Filho de Bolsonaro, Carlos, por “desastrada ideologia de gênero” quer proibir que atletas trans participe de competições e que recebam bolsa de patrocínio


O filho do presidente Bolsonaro, Carlos apresentou nesta última  sexta-feira (17/9) Projeto de Lei na Câmara Municipal do Rio de Janeiro (CMRJ) para proibir que atletas transexuais participem de competições esportivas na cidade. Na sua justificativa, ele fala em ‘desastrosa ideologia de gênero’.

A proposta do vereador Carlos é impedir que atletas trans se inscrevam para disputar provas em categoria diferente do seu sexo de nascimento. Segundo o texto do Projeto de Lei, publicado no Diário Oficial da CMRJ, isso valeria para todas as disputas ligadas, direta ou indiretamente, à Prefeitura do Rio de Janeiro.

O vereador também enumera punições a quem descumprir as regras. “Fica proibida a expedição de alvará de realização de evento para as competições e eventos esportivos que inscreverem pessoa transexual”, destacou em um dos artigos do Projeto de Lei. Caso não siga o que propõe, o organizador do evento terá que pagar multa administrativa no valor de R$ 10 mil.
Os atletas trans ainda seriam impedidos de receber bolsas ou qualquer tipo de patrocínio pela prefeitura da cidade.
Carlos Bolsonaro começa sua justificativa citando a ideologia de gênero e diz que ela não tem comprovação científica. “Com este argumento pseudocientífico e de clara ordem política arbitrária, ativistas LGBT defendem que pais e mães devem permitir que seus filhos decidam na mais tenra idade, questões de identidade sexual, fato este que está gerando um número gigantesco de absurdos”, destaca no texto.
Em outro trecho, o vereador aponta que, desde novembro de 2015, quando foi publicado um novo guia de diretrizes do Comitê Olímpico Internacional (COI), “atletas transexuais e travestis passaram a ser aceitos em campeonatos femininos de vários países e, com isso, centenas de mulheres perderam o direito de competir em condições de igualdade, já que o corpo masculino é, por natureza, mais forte e resistente”.

4 comentários em “Filho de Bolsonaro, Carlos, por “desastrada ideologia de gênero” quer proibir que atletas trans participe de competições e que recebam bolsa de patrocínio

  • 20 de setembro de 2021 em 13:24
    Permalink

    Gente onde já se viu um homem trans lutar com uma mulher? Lógico que vai ganhar, isso passou da ora de ser proibido!

    Resposta
  • 19 de setembro de 2021 em 11:50
    Permalink

    Qual a funcao do espaco para comentarios? Pra enfeite e para colocar so o que convem.
    Eh por isso que esse pretencioso periodigo eh um cha pra ingles vê, sem sabor e comprometimento

    Resposta
  • 19 de setembro de 2021 em 11:00
    Permalink

    Eu gostaria de ver alguma mulher trans querendo lutar em categorias masculinas, correr, saltar…

    Porque será que somente o contrário ocorre?

    Homem não pode competir com mulher e mulher não pode competir com homem. Ponto.

    Quero ver os defensores dessa ideia absurda que homem compete com mulher colocar sua filha no ringue para lutar com um homem. Para de hipocrisia….o.jornalismo morreu.

    Resposta
  • 19 de setembro de 2021 em 06:56
    Permalink

    Carlixo o LOUCO HIPOCRITA.
    Essa familia bolsonaro eh piada mal contada estao enlamerado de FALCATRUAS e ESCANDALOS, depois que essa coisa podre virou presidente sem nunca ser nao sai do palanque ARRUACEIRO INCOMPETENTE o Brasil tornou se TREVAS.
    Paralisou a inflaçao eh de dois digitos o combustivel sobe a cada dois dias o gaz de cozinha a CENTO E CINCO REAIS.
    Na verborragia que lhe eh peculiar vomitou aos quatro cantos de que nao ia subir imopstos nao se aliaria ao centrao e acabaria com a velha pplitica e sua corrupcao.
    Como podemos ver e conststar a MENTIRA AS FAKE NEWS A INSUBORDINACAO sao seis atos de FALASTRAO BRAVATEIRO COVARDE.
    Podemos constatar que eh praxe de familia defecar pela boca.
    Esse Carlixo deveria procurar algo produtivo e fazer esse TOIM DA LUA sem CARATER.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  25  =  29