Com cadastramento travado em 37 anos, Secretaria de Saúde de Divinópolis diz que está próxima de vacinar metade da população com a D1


Com o cadastramento travado na faixa de quem nasceu em 1984, portando com 37 anos, a Secretaria de Saúde de Divinópolis atualizou ontem, segunda-feira (02), os dados referentes à vacinação contra a Covid-19. Foram recebidas, até o último sábado (31/07), 186.235 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 70.040 doses da Coronavac (Butantan), 93.140 doses da Astrazeneca (Fiocruz), 5.925 doses da Janssen e 17.130 doses da Pfizer. No entanto, a Superintendência Regional de Saúde deve receber ainda nesta terça-feira cerca de 20.000 imunizantes e distribuí-los para a cidade e outros municípios da Região Centro-Oeste.

No total, foram aplicadas 167.388 doses, sendo 114.851 da primeira dose, 46.615 da segunda dose e 5.922 de dose única. Foram aplicadas 13.257 doses em trabalhadores da linha de frente, 7.343 doses em trabalhadores de serviço de saúde, 14 doses para os deficientes institucionalizados e 550 doses para idosos institucionalizados.

Em idosos maiores de 90 anos foram aplicadas 1514 doses, 3.016 doses para idosos entre 85 e 89 anos, 5.725 doses em idosos entre 80 e 84 anos, 8.522 doses em idosos entre 75 e 79 anos, 13.034 doses em idosos entre 70 e 74 anos, 18.142 doses em idosos entre 65 e 69 anos, 20.089 doses em idosos entre 60 e 64 anos, 10.723 doses em pessoas entre 55 e 59 anos, 12.656 doses em pessoas entre 50 e 54 anos, 11.674 doses em pessoas entre 45 e 49 anos, 11.674 doses em pessoas entre 40 e 44 anos e 5.654 doses em pessoas entre 35 e 39 anos.

Em trabalhadores das forças de segurança e salvamento, foram aplicadas 1.044 doses, 1.791 doses em trabalhadores do transporte coletivo, 37 doses em trabalhadores do transporte aéreo, 615 doses em trabalhadores do transporte ferroviário, 777 doses em mulheres gestantes, 303 doses em mulheres puérperas, 641 doses em mulheres lactantes, 1.135 doses em pessoas com deficiência permanente, 13.043 doses em pessoas com comorbidades, 5.445 doses em trabalhadores da educação, 57 doses em pessoas em situação de rua e 107 doses em pessoas privadas de liberdade.

No estoque de doses, estão disponíveis 12.917 doses dos imunizantes, sendo 240 doses para a primeira dose da Coronavac (Butantan), 600 doses para a primeira dose da Astrazeneca (Fiocruz), 12 doses para a primeira dose da Pfizer, 530 doses para a segunda dose da Coronavac (Butantan), 11.505 doses para a segunda dose da Astrazeneca (Fiocruz), zero doses para a segunda dose da Pfizer e 30 doses para a dose única da Janssen.

Foram registradas 165 perdas técnicas, 6.195 queixas técnicas, 903 doses extras, 9.312 perdas técnicas esperadas (5%) e 0,09% em perdas operacionais.

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  +  69  =  74