Moradores de Patos de Minas tem cadastro especial para a ‘xepa da vacina’


A população de Patos de Minas já pode se cadastrar para a fila da “xepa da vacina”. A lei foi publicada no Diário Oficial do Município e regulamenta a destinação de sobra de unidades dos imunizantes a outros públicos se houver risco de desperdício. 

O excedente da vacina, quando houver, será aplicado de acordo com fila on-line formada por meio dos cadastros. A lista com a relação dos inscritos seguirá a ordem cronológica de cadastramento, sendo divulgada diariamente no site da prefeitura para que o cidadão conheça sua posição e possa se programar.
“É importante ressaltar que o cadastramento não garante a vacinação. Para que isso ocorra, é necessário que haja sobra de doses no fim do dia e risco de desperdício”, explicou a secretária de Saúde, Ana Carolina Magalhães Caixeta.
Ocadastro está aberto para pessoas acima de 18 anos. Quem completa essa idade em 2021 pode cadastrar-se, no entanto, se for convocada para vacinação com doses remanescentes, a pessoa deverá ter 18 anos completos.
Havendo sobras de unidades de vacinas, será feito contato com o número de telefone informado no cadastro. A lei determina que a pessoa tem o prazo máximo de 15 minutos para se deslocar até o ponto de vacinação.
Caso não compareça dentro desse período de tempo, perderá sua vez. Contudo, é possível realizar novo cadastro.
Jornal Estado de Minas

Um comentário em “Moradores de Patos de Minas tem cadastro especial para a ‘xepa da vacina’

  • 30 de julho de 2021 em 13:11
    Permalink

    Divinópolis deveria fazer o mesmo.

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

58  +    =  63