Por Laiz Soares: Um exemplo perfeito

Publicado por: Redação

Há poucos dias escrevi aqui sobre a exaltação e a empolgação que a vinda do McDonald´s gerou na cidade, como se agora sim a gente fosse se desenvolver com a chegada de uma lanchonete que faz parte de uma rede de fast food (comida rápida) multinacional. Bom! Muita gente entendeu o meu ponto: a notícia é boa e vai gerar empregos, que ótimo! Mas não é isso que vai resolver nosso problema de falta de empregos em Divinópolis e região. O que vai transformar de forma significativa a nossa economia e melhorar a qualidade a vida de todos é a vinda de uma ou de várias empresas de tecnologia. Tenho um exemplo perfeito do que estou tentando dizer há dias:

O jovem, inovador e preparado prefeito de Nova Lima João Marcelo Dieguez anunciou esta semana que está levando para o seu município uma empresa de tecnologia que vai gerar cerca de 10mil empregos, DEZ MIL VAGAS, em um investimento da ordem de 25 bilhões.  A novidade é que a prefeitura assinou um plano de intenção junto à montadora argentina Bravo Motor para a instalação de um fábrica de carros elétricos e baterias no município.

Continua depois da publicidade

A prefeitura negociou isenção de impostos e uma série de benefícios. Essas negociações não são nada simples. É muito difícil conseguir esse tipo de resultado, foi notícia com repercussão nacional, e por isso parabenizo o prefeito e sua equipe. A projeção é que de 10% a 13% das baterias elétricas consumidas no mundo serão produzidas em Nova Lima. João assumiu em janeiro e em poucos meses já aparece com algo tão grandioso.

Vamos dar uma olhada no currículo deste prefeito tão jovem e tão competente (eu fiz questão de pesquisar o currículo dele): João Marcelo fez faculdade de Negócios Internacionais na Una, fez Pós Graduação na PUC Minas em Administração, trabalhou anos com gestão e planejamento em empresas multinacionais privadas antes de ser candidato e eleito a prefeito. Tem habilidades gerenciais, visão estratégica, capacidade de negociação, tem experiências profissionais relevantes no passado que servem de referência para tomar decisões complexas no presente. Só a experiência e o conhecimento trazem isso para um gestor, não tem milagre, não tem vídeo, não tem esperança nem boa vontade. A fórmula do sucesso são anos de trabalho duro para se  tornar uma liderança capaz e que faz acontecer.

Esse exemplo perfeito nos mostra duas coisas: 1 – Realmente tecnologia é o que gera desenvolvimento de forma muito relevante e transformadora, gerando milhares de empregos com remuneração boa, alta, relevante. 2 – Existe um sentido e uma lógica de muitas pessoas valorizarem gestores e políticos com experiência em planejamento e gestão: a capacidade que estas pessoas possuem de entregar resultados de forma rápida e efeiciente é maior, porque a experiência e o conhecimento servem para alguma coisa nessa vida (por mais que tentem dizer que não), o mundo valoriza, as portas se abrem, isso passa credibilidade, gera confiança nos investidores e consequentemente pode ser decisivo na hora de atrair grandes empresas e milhares de empregos de uma vez só. Portanto, reforço: valorizem  e busquem sempre as oportunidades de estudo e de trabalho, não existe sucesso fácil.

No caso de João Marcelo, seus estudos e experiências, sua competência e capacidade, somados à visão estratégica e sensibilidade social já estão mostrando resultado muito rápido.  Ele foi um dos primeiros prefeitos de Minas a criar auxílio emergencial local, e agora conseguiu um feito para cidade e para o estado. Minas Gerais precisa urgente atrair mais empresas como essa e também ter mais políticos como esse. Que mais gente possa estudar, trabalhar, e comandar com competência nossos municípios e demais espaços de poder. Belo exemplo!

Entre no grupo do Whatsapp do Divinews e fique por dentro de tudo o que acontece em Divinópolis e região

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos felizes por você ter escolhido deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de privacidade.

  1. Denise disse:

    Vale lembrar que esse é o mesmo prefeito que possibilitou a moradores de BH e outras cidades, continuarem a frequentar bares e restaurantes em pleno pico da pandemia. Gerir pensando em progresso é essencial, mas assegurar a vida das pessoas para trabalharem nessas empresas, no momento me parece mais importante .

  2. Eduardo disse:

    Concordo parcialmente com a articulista, pois quem gera emprego em volume e renda são as Indústrias, a exemplo da empresa citada na matéria. Vamos parar com modismos (tecnologia, starup’s, empreendedorismo etc.) e relatar os fatos com realmente devem ser relatados. Os maiores geradores de emprego no país são a Indústria e o Agronegócio. Então, caros políticos, lideranças jovens e não tão jovens, jornalistas de opinião, sociedade influente da cidade, busquem “Indústrias” para Divinópolis. O resto, McDonald’s, comércio, prestadores de serviços etc. vem a reboque.

  3. Gil disse:

    Excelente o texto!
    Nova Lima está muito acima da grande maioria das cidades de Minas , inclusive Divinópolis, em todos os sentidos, mas isto não foi feito da noite para o dia nem por um único prefeito ou por um deputado.
    Isto já vem sendo feito e trabalhado há tempos ( em 2010 o IDH de Nova Lima já era em torno de 0,81 ( muito alto)).
    Existiu e existe toda uma rede com muito planejamento que sustentou, e sustenta, o crescimento de Nova Lima.
    Tudo começou com a captação planejada de investimentos diversos como hospitais, escolas e empresas de diversos ramos, empreendimentos comerciais e imobiliários bem estruturados, além de melhorias na estrutura já existente na cidade.
    Não se atrai um investimento de 25 bilhões do nada.
    A própria proximidade com Belo Horizonte e a sua localização na BR 040 favoreceram e muito as ações efetuadas.
    A ação de deputados ligados ao município e ao governo fizeram, e continuam fazendo, muita diferença.
    Não temos nada disto por estas paragens, infelizmente.
    Não temos uma estrada duplicada, não temos um voo regular, faltam pessoas com conhecimento e com compromisso com a cidade.
    O que temos é um deputado estadual eleito que se mostra adepto ao sensacionalismo, um prefeito idem, completamente sem noção, e uma Câmara Municipal com um nível baixíssimo ( raríssimas são as exceções) .
    O que nos resta um deputado federal, majoritário com três mil e poucos votos num universo de mais de cento e sessenta mil eleitores, tentando alguma coisa.
    Podemos esperar o que? Milagres não acontecem.
    O Sul de Minas serve de exemplo de ações políticas direcionadas e planejadas. Só ir em Varginha, Pouso Alegre, Itajubá, Poços de Caldas, Extrema, Lavras, etc, etc, etc…..

  4. José disse:

    Perfeito.

    Isso é corriqueiro em Divinópolis, péssimas gestões que afastam qualquer possibilidade de investimento, reza a lenda que a própria montadora FIAT tinha forte intenção de se instalar em Divinópolis na década de 70 mas pelas vantagens oferecidas priorizou Betim, que gera brincando alguns bilhões de reais em impostos recolhidos.

    Não muito distante, um outro Azevedo tão ruim quanto os que aqui estão alardeou aos 4 quantos a vinda da Proema, surfou na terraplanagem do local durante 8 anos e só o que restou lá foi um matagal para cavalos pastarem.

    Divinópolis realmente precisa muito mais que um McDonald’s p filhinho de papai ir lanchar.
    Ok que irá gerar uns 10 Sub empregos diretos com atendentes recebendo o mínimo, enquanto o único que ganha é a valorização imobiliária de UMA PESSOA pelo imóvel que será alocado.

  5. Anônimo disse:

    Nova Lima é so a quinta maior arrecadação do estado, uma cidade completamente segregadora socialmente e que não consegue resolver o problema de um bairro irregular porque la so moram pobres e nao desperta interesse para a prefeitura. Divinópolis tem graves problemas em sua legislação que estão sendo corrigidos para atrair investimentos e ja tem muita novidade chegando por ai. É até divertido ver esse chororô no começo do mandato porque quando tudo for entregue não vão ter nem o que falar. Essa menina disputou eleições só pra vender Divinópolis para os grupos econômicos que representa. Inventou até sopa de papelão. É uma sonhadora, típico da juventude. Um dia ela aprende. Se fosse um pouco mais humilde talvez as pessoas não tivessem tomado tanto ranço dela

    1. Gil disse:

      Vc precisa conhecer Nova Lima e umas outras cidades por ai meu caro.
      A cidade é SÓ a quinta economia por causa de planejamento bem feito e a médio e longo prazo.
      Não é perfeita ( porque não resolve o problema de UM bairro irregular iguais a inúmeros bairros irregulares que temos por ai) mas é um lugar que não pode sequer SER comparado com a grande maioria das cidades do estado.
      Abra os olhos e veja horizontes antes de falar ou escrever.

Continua depois da publicidade