Prefeitura de Divinópolis nomeia membros de um dos conselhos mais polêmicos do município, o de Uso e Ocupação do Solo (CMUS)


O Conselho Municipal de Uso e Ocupação do Solo (CMUS), juntamente com o Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente (CODEMA) são os mais importantes conselhos que determinam o “tom” do crescimento e desenvolvimento de um município, isso dentro das normais legais, seguindo as leis que não podem se sobrepor a as conveniências políticos/empresariais. Porém, pode se tornar um gargalo para o desenvolvimento, se não houver bom senso dos técnicos. Enfim, é tênue a linha entre a aprovação técnica e a mera conveniência de troca de favores ente o executivo/legislativo e os empreendedores. Dito isso, a Prefeitura Municipal de Divinópolis, através do Decreto nº 14.259, publicado na última segunda-feira (15), no Diário Oficial dos Municípios Mineiros, nomeou os membros da Comissão Municipal de Uso e Ocupação do Solo (CMUOS) que tem como objetivo principal analisar os zoneamentos da cidade, e aprovar ou não mudanças as mudanças de zona. A comissão  ficou da seguinte forma:

Como representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Políticas de Mobilidade Urbana: Ezequiel Cilas Rodrigues (efetivo) e Emerson Gregório da Silva (suplente). Os integrantes escolhidos para representar a Diretoria de Políticas de Mobilidade Urbana são: Willian de Araújo (efetivo) e Sandro Amaral Nogueira (suplente).  Os membros da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans) são: Lucas Lopes Estevam (efetivo) e Cleiton José de Sousa (suplente).

Do gabinete do prefeito os representantes foram: Pabloneli de Sousa Vidal (efetivo) e Fernando Henrique Costa de Oliveira (suplente). Os responsáveis pelo Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac) são Vergínia Margaret Martins (efetivo) e José Heleno Ferreira (suplente). Representantes do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais – Unidade Divinópolis (CREA), os nomeados foram: José Hugo Rodrigues (efetivo) e Leandro Pereira e Silva (suplente).

O representante do Conselho Municipal de Conservação e Defesa do Meio Ambiente (Codema) terá é Mauro César Cardoso Cruz (efetivo) e Pedro Paulo Pozzolini (suplente).  Os representantes da Associação Comercial de Divinópolis (Acid) serão Alexandra Elisa Galvão Barros (efetivo) e Márcio Diniz Mourão (suplente). A Federação da Associação de Moradores de Bairros e Conselhos Comunitários Rurais de Divinópolis (Fambacord) será representada por André Alves Costa (efetivo) e Nilson Tavares (suplente).

No Sindicato dos Trabalhadores da Construção Imobiliária os nomeados foram Policar Oliveira da Silva (efetivo) e José Fernandes Cobal (suplente). Os representantes do Corpo de Bombeiros tanto efetivo quanto suplente ainda não foram indicados.  Representando o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) estarão Cleber Adriano de Carvalho (efetivo) e Wander de Souza (suplente). Os membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) são Leonardo Avelino de Almeida (efetivo) e Larissa Reis Martins (suplente). O Sindicato da Indústria da Construção Civil no Centro-Oeste de Minas (Sinduscon – Co) terá como representantes Eduardo Augusto Nunes Soares (efetivo) e Leonardo Antunes (suplente).

O presidente do conselho será Ezequiel Cilas Rodrigues, secretário municipal de Meio Ambiente e Políticas de Mobilidade Urbana e o servidor Luiz Fernando Guimarães Borges, será o responsável pela secretaria executiva.

2 comentários em “Prefeitura de Divinópolis nomeia membros de um dos conselhos mais polêmicos do município, o de Uso e Ocupação do Solo (CMUS)

  • 17 de março de 2021 em 19:53
    Permalink

    Essa comissão é um bando de FDP, ficam alterando o zoneamento permitindo a instalação de salão de festas, serralheria e oficinas de pintura do lado de residências, tirando o sossego e o sono dos moradores, só pra atender os empresários que pagam propinas pra vereadores!!!

    Resposta
  • 17 de março de 2021 em 19:38
    Permalink

    Que Isso? Que assunto lotado de pessoas é essa????? Ocupação de solo??????? Esse prefeito vai fazer muita gente mudar de Divinópolis. Já pode fazer censo de quantas pessoas hoje residem nesta cidade. Eram 190.000. Alopradamente o assunto que era pra ontem é saude, será quantos leitos foram abertos????

    Resposta

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

9  +  1  =